Partilhar

Teoria motivacional de Maslow

 
Por Marissa Glover, Psicóloga. 13 julho 2020
Teoria motivacional de Maslow

Atualmente, na psicologia, existem muitas teorias que têm como finalidade aumentar nosso bem-estar emocional, bem como nossa própria motivação para que realizemos nossos objetivos vitais e possamos experimentar os benefícios de nosso próprio desenvolvimento pessoal. Uma destas teorias é a da motivação humana do psicólogo Abraham Maslow, que identificou quais são as principais necessidades dos seres humanos e as classificou em categorias de acordo com uma ordem hierárquica de importância para a sobrevivência e nossa própria capacidade de motivação.

Este psicólogo humanista sugere que toda vez que estamos satisfazendo nossas próprias necessidades, outras aparecem ao longo do caminho, as quais também tentaremos satisfazer para nos sentir mais plenos e realizados. Neste artigo de Psicologia-Online, vamos nos aprofundar na teoria motivacional de Maslow, também conhecida como teoria da motivação de Maslow. Além disso, explicaremos com um bom resumo e exemplos no que consiste essa teoria.

Também lhe pode interessar: Pirâmide de Maslow: o que é e como funciona

Teoria da motivação de Maslow

Para o psicólogo Abraham Maslow, as necessidades que nós, seres humanos temos, nos impelem a ter a força de vontade para superar todas as dificuldades que surgem no nosso dia a dia. Quando falamos de motivação, nos referimos aos desejos que nos impulsionam a querer alcançar algum objetivo e satisfazer nossas necessidades humanas. É por isso que Maslow se dedicou a investigar quais são as necessidades que as pessoas têm e finalmente criou um modelo conhecido como a pirâmide de Maslow. Este modelo consiste em 5 níveis hierárquicos que são os seguintes:

  • Necessidades básicas ou fisiológicas: refere-se às necessidades básicas de sobrevivência da pessoa.
  • Segurança: refere-se à necessidade de nos sentirmos seguros e protegidos na vida.
  • Afiliação: É a necessidade que as pessoas têm de pertencer a um grupo social e se sentir aceitas por ele.
  • Reconhecimento ou estima: são todas as necessidades de reconhecimento e aceitação própria e dos outros.
  • Autorrealização: este é o nível mais alto na hierarquia das necessidades e, para alcançá-lo, precisamos ter todas as outras necessidades satisfeitas, pois refere-se à sensação de ser feliz na vida.
Teoria motivacional de Maslow - Teoria da motivação de Maslow

Exemplos de necessidades de acordo com a teoria da motivação de Maslow

A seguir, mostraremos cada uma das necessidades da pirâmide de Maslow com seus respectivos exemplos para terminar de compreender melhor a que cada uma delas se refere.

1. Necessidades básicas ou fisiológicas

Ao serem básicas aquelas envolvidas em nossa própria sobrevivência, encontram-se o poder respirar, comer e beber, vestir-se, ter relações sexuais, etc. Por exemplo, uma pessoa que tem roupas adequadas para se cobrir do frio no inverno e pode se alimentar adequadamente, pode-se dizer que atendeu as necessidades básicas ou fisiológicas que lhe permitem sobreviver.

Por outro lado, uma pessoa que vive na rua e passa fome e frio, não tem atendidas este tipo de necessidades que precisamos para sobreviver, então corre o risco de não poder alcança-lo.

2. Segurança

Dentro deste grupo da pirâmide da teoria de maslow, encontram-se todas as necessidades que nos fornecem uma segurança e que fazem nos sentir protegidos, ao nos dar independência e autossuficiência. Por exemplo, uma pessoa que tem um teto para dormir, tem saúde suficiente para trabalhar e pode pagar o aluguel de um apartamento e ser independente, é considerada uma pessoa que tem esse tipo de necessidades atendida.

Por outro lado, uma pessoa que não tem bem satisfeita esse tipo de necessidade pode não ter um emprego, não ter boa saúde e nem ter um teto onde dormir que ofereça segurança e conforto, entre outro tipo de coisas com que a pessoa não tenha sua própria independência.

3. Afiliação

Uma pessoa que tem esse tipo de necessidade atendida, se sente parte de um grupo social e, portanto, sente-se apreciada e valorizada pelos membros desse grupo. Por exemplo, uma pessoa que tem uma família com a qual sabe que pode contar, um grupo de amigos a quem recorrer quando precisa de companhia e de alguns conselhos, pode ter um cônjuge em quem pode confiar e uma intimidade sexual.

Por outro lado, uma pessoa que não tem essa necessidade atendida, se sente sozinha e isolada da sociedade, pois não pertence a nenhum grupo social ou tem uma família que a apoie.

4. Reconhecimento

Quando uma pessoa tem todas as necessidades anteriormente descritas mais ou menos satisfeitas, essa é a próxima necessidade que desejará satisfazer. Uma pessoa que tem esta necessidade satisfeita se sente segura de si mesma e sabe reconhecer seu valor pessoal. Um exemplo claro seria uma pessoa que desempenha seu trabalho de maneira eficaz, gosta do que faz e as outras pessoas a reconhecem por seu trabalho.

Por outro lado, uma pessoa que não tem essa necessidade atendida, tem uma baixa autoestima, não se considera apta para o que faz, não se sente à vontade em seu trabalho e ninguém reconhece seu trabalho.

5. Autorrealização

Uma pessoa que está nesse nível é porque tem as outras necessidades satisfeitas totalmente. Um exemplo de uma pessoa que está neste nível é independente, tem confiança nela mesma, se considera uma pessoa bem-sucedida e sente que tem tudo o que precisa para ser feliz. Gosta de ajudar os outros e tem uma mente aberta, respeita as ideias e opiniões dos outros, assim como as próprias, gosta de aprender constantemente coisas novas e se preocupa muito com seu desenvolvimento pessoal.

O oposto dessa pessoa seria aquele que, apesar de ter sucesso e gostar do que faz, não se sente completamente satisfeita e tem a sensação permanente de que falta algo para alcançar a felicidade.

Teoria motivacional de Maslow - Exemplos de necessidades de acordo com a teoria da motivação de Maslow

A pirâmide de Maslow na economia

Uma das aplicações mais recentes e curiosas da teoria da motivação humana é a pirâmide de Maslow na economia. Hoje em dia, os impulsos humanos de comprar e consumir produtos são estudados de acordo com suas necessidades.

No marketing, a motivação é aplicada nas campanhas de venda de produtos e serviços. Deste modo, as empresas modificam a mensagem publicitária do que querem vender em relação à necessidade que acham que podem satisfazer.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Teoria motivacional de Maslow, recomendamos que entre na nossa categoria de Emoções.

Referências
  1. Quintero, J. R. Q. A. (s.f.). Teoría de las necesidades de Maslow. Recuperado de 16 dezembro, 2018, de http://files.franklin-yagua.webnode.com.ve/200000092-e266ae35e3/Teoria_Maslow_Jose_Quintero.pdf

Escrever comentário sobre Teoria motivacional de Maslow

O que lhe pareceu o artigo?

Teoria motivacional de Maslow
1 de 3
Teoria motivacional de Maslow

Voltar ao topo da página