Partilhar

Valores sociais: o que são, tipos, exemplos e lista

 
Por Sara Sanchis, Psicóloga especializada em Crescimento Pessoal. 9 setembro 2020
Valores sociais: o que são, tipos, exemplos e lista

Os valores sociais poderiam ser definidos como categorias que representam estados desejáveis de existência, que guiam e avaliam nossos comportamentos e expressam nossas necessidades. Estes valores são condicionados pelos sistemas sociais nos quais estão imersos, sendo a cultura, educação, economia, etc. aspectos determinantes em sua constituição.

Neste artigo de Psicologia-Online, vamos falar sobre este tema especificando o que são os valores sociais, porque são importantes, que tipos de valores existem e, para finalizar, vamos expor uma lista de exemplos deste tipo de valores.

O que são os valores sociais

Os valores sociais são os critérios que orientam o modo de ser, estar e agir em um determinado grupo social. Em sua base, estes valores se sustentam nos valores universais que desde a origem da humanidade têm sido inerentes à condição humana, como: sabedoria, bondade, amor, pureza, paz, misericórdia, beleza e harmonia. A partir destes valores universais, são criados outros mais específicos que dirigem os valores iniciais em aspectos mais objetivos e que serão determinados, em última instância, pelo grupo social e a tradição cultural concreta do lugar.

A finalidade última dos valores sociais gira sempre em torno da obtenção de uma convivência pacífica e conciliadora entre os membros da comunidade, e estes valores são refletidos em suas leis e preceitos normativos.

Importância dos valores sociais

Em sua origem, os valores sociais eram a manifestação concreta do modo de convivência inerente ao ser humano. Contribuíam para conviver de maneira pacífica, colaborativa e respeitosa, evitando assim desentendimentos que gerassem disputas e conflitos entre seus membros.

No entanto, a desconexão progressiva que o ser humano sofreu ao longo da história no que diz respeito ao seu modo de ser original, o levou, aos poucos, a afastar seus comportamentos do guia de comportamento baseado nos valores humanos arquetípicos e a incluir outro tipo de valores, que foram promovidos em função do sistema social que dirigiu determinado grupo social. A cultura, política, economia, educação, etc. do lugar e do momento condicionaram o estabelecimento destes valores e o nível de obediência aos mesmos.

Em uma sociedade como a atual, onde se prioriza o econômico sobre o humano, os valores sociais são um reflexo de certo modo de vida (sucesso, poder, prestígio, obediência, autorrealização, etc.). Neste caso, a recuperação dos verdadeiros valores humanos se transforma em uma tarefa de grande relevância, se desejamos mudar o estado atual de nossas relações sociais e criar uma nova sociedade, mais justa, pacífica e solidária.

Tipos de valores sociais

Segundo Gouveia et al. (2008), é possível classificar os valores com base em suas funções, estabelecendo dois tipos, com seus respectivos subtipos:

Valores que guiam o comportamento humano

Com base nisso podemos falar de três tipos de orientações, com duas subfunções cada uma:

  1. Social: normativa e interativa.
  2. Central: existência e suprapessoal.
  3. Pessoal: realização e experimentação.

Valores que representam as necessidades humanas

Admitem algum tipo de motivação, que dão lugar a dois tipos de valores, com três subfunções cada:

  1. Materialistas ou pragmáticos: existência, normativa e realização.
  2. Humanitários ou idealistas: suprapessoal, interativa e experimentação.

Vamos explicar, de forma breve, cada um destes 6 subtipos de valores, classificados com base na função que cumprem. No tópico a seguir, vamos expor exemplos de valores segundo o tipo de função que cumprem:

  • Existência: faz referência às necessidades fisiológicas básicas, que precisam ser atendidas de maneira pragmática, tanto em nível pessoal como em nível social.
  • Realização: se trata de uma função, através da qual o indivíduo, em nível pessoal, realiza ações com certa finalidade objetiva.
  • Normativa: realização de comportamentos pragmáticos com o objetivo social de preservar a cultura e tradições sociais.
  • Suprapessoal: esta subfunção permite atender as necessidades cognitivas, estéticas e de autorrealização, que contém valores tanto pessoais como sociais, e que geralmente estão vinculadas a motivações idealistas.
  • Experimentação: se trata de valores com uma motivação idealista, humanitária e de mudança social, mas que são guiados através do comportamento individual.
  • Interativa: são valores com uma alta motivação humanitária, cujas ações são de índole social com o objetivo de gerar mudanças e reestruturar o estabelecido.

Lista de exemplos de valores sociais

A seguir vamos apresentar uma lista de exemplos de valores sociais gerais que, de acordo com o tipo de sociedade, cultura e tradição, são mais ou menos utilizados:

  1. Sabedoria
  2. Bondade
  3. Amor
  4. Pureza
  5. Paz
  6. Misericórdia
  7. Beleza
  8. Harmonia, estes oito valores são a base de todos os valores éticos e morais, já que constituem os valores humanos intrínsecos à essência humana, cujo equilíbrio supõe a perfeição do homem.
  9. Saúde
  10. Sobrevivência
  11. Estabilidade, estes três valores correspondem com a função de garantir a existência da pessoa.
  12. Sucesso
  13. Prestígio
  14. Poder, estes três são valores cuja função é buscar o benefício e melhora pessoal.
  15. Tradição
  16. Obediência
  17. Religiosidade, agrupamos estes três valores por serem os que cumprem a função normativa.
  18. Conhecimento
  19. Maturidade
  20. Beleza, com estes três valores atendemos as necessidades suprapessoais estéticas, de conhecimento e autorrealização.
  21. Sexualidade
  22. Prazer
  23. Emoção, se tratam de valores com uma função de experimentação e gratificação pessoal (21, 22 e 23).
  24. Afetividade
  25. Convivência
  26. Suporte social, valores interativos (24, 25 e 26) que possuem função social humanitária e fomentam a união e colaboração mútua.
  27. Paz
  28. Liberdade
  29. Igualdade
  30. Fraternidade, quatro valores imprescindíveis para garantir uma realidade social conciliadora e humana.

Dentre todos estes valores, uns fomentam mais comportamentos pessoais e sociais egocêntricos e individualistas, enquanto outro promovem a união das pessoas. Como comentamos, os diferentes sistemas e modelos sociais fomentam uns ou outros, de acordo com as prioridades estabelecidas em temas econômicos, culturais, educacionais, etc.

No momento de crise social no qual nos encontramos, se desejamos construir uma sociedade mais justa e igualitária, teremos que defender e promover valores sociais que nos incentivam a nos unir pelo bem comum de todos e cada um dos seres vivos, e pelo cuidado com nosso entorno.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Valores sociais: o que são, tipos, exemplos e lista, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia social.

Bibliografia
  • Gouveia, V.V. et cols. (2010). Teoría funcionalista de los valores humanos en España. Comprobación de la hipótesis de contenido y estructura. Revista Interamericana de Psicología, 2010, Vol.44, Nº2, pp. 213, 224.
  • Pérez Delgado, E. y Mestre Escrivá, V. (1993). Desarrollo del juicio moral y valores humanos. Cuadernos de Trabajo Social nº 6, pp. 61-87, Editorial Universidad Complutense de Madrid.

Escrever comentário sobre Valores sociais: o que são, tipos, exemplos e lista

O que lhe pareceu o artigo?

Valores sociais: o que são, tipos, exemplos e lista
Valores sociais: o que são, tipos, exemplos e lista

Voltar ao topo da página