menu
Partilhar

Hemiparesia: o que é, sintomas, tipos, causas e tratamento

 
Por Alejandro Garcia Mingrone. 8 outubro 2021
Hemiparesia: o que é, sintomas, tipos, causas e tratamento

Já aconteceu alguma vez com você de metade de seu rosto e de seu corpo perderem a mobilidade e a força? Notou certas sensações estranhas nessa metade? Talvez você tenha passado por isso ou conheça alguma pessoa que tenha passado. É certo que é algo que ocorre com muitas pessoas no mundo, de repente a parte direita ou esquerda do corpo não responde como costumava fazer e começam os problemas. Quando ocorre este tipo de situação, estamos diante de uma hemiparesia. Quer saber mais sobre isto? Neste artigo de Psicologia-Online, te daremos informação sobre a hemiparesia: o que é, sintomas, tipos, causas e tratamento.

O que é hemiparesia

Quando falamos de hemiparesia, nos referimos a uma dificuldade para realizar movimentos que se apresenta em uma das metades do corpo humano. Por outro lado, isto implica uma perda de força no lado afetado do corpo. Na maioria dos casos, a hemiparesia está relacionada a uma paralisia cerebral parcial que incide na mobilidade, saindo da perna, passando pelo tronco e terminando no braço. Em alguns casos, também é possível que um lado do rosto fique alterado. No entanto, devemos destacar que a outra metade do corpo permanece sem alterações quanto aos movimentos que pode realizar.

Sintomas da hemiparesia

Quais são os sintomas da hemiparesia e como é diagnosticada? Existe uma série de sintomas que permitem o diagnóstico de hemiparesia. A seguir, mencionaremos os mais relevantes:

  • Perda do equilíbrio
  • Dificuldade para falar
  • Mudanças de comportamento
  • Alterações na memória e a aprendizagem de novos conteúdos
  • Perda de sensibilidade em um dos lados do corpo e/ou nas extremidades

É importante saber que a presença de algum destes sintomas não significa que uma pessoa apresente hemiparesia. O profissional da saúde será o encarregado de realizar o diagnóstico levando em conta outros critérios importantes além dos sintomas.

Tipos de hemiparesia

Quando falamos sobre esta condição, devemos saber que existem cinco tipos de hemiparesia. A forma de apresentação clínica determinará o tipo de hemiparesia que a pessoa possui. Os diferentes tipos de hemiparesia são:

  • Hemiparesia espática direita: a pessoa apresenta dificuldades na compreensão e na fala. Este tipo de hemiparesia é produzido por lesões no lado esquerdo do cérebro.
  • Hemiparesia espática esquerda: a pessoa apresenta problemas de comportamento, dificuldades na aprendizagem de novos conteúdos, alterações na comunicação, entre outros.
  • Hemiparesia motora pura: nestes casos se manifestam dificuldades na mobilidade de um braço, uma perna e/ou o rosto de um lado do corpo. Pode ocorrer tanto do lado direito, como do lado esquerdo.
  • Ataxia: é frequente que existam dificuldades na coordenação, problemas de vertigem e perda de equilíbrio. Este tipo de hemiparesia é produzido por lesões no setor inferior do cérebro.
  • Hemiparesia atáxica: entorpecimento de um setor do corpo, especialmente a perna.

Nestes outros artigos você encontra quais são as partes do cérebro e suas funções e como funciona o cérebro humano.

Causas da hemiparesia

O que causa a hemiparesia? Há vários motivos que causam hemiparesia, e a evolução do quadro dependerá das características de cada pessoa. Isto quer dizer que a idade, os antecedentes médicos, e o estilo de vida da pessoa influenciam diretamente no desenvolvimento do tipo de hemiparesia que se apresenta. A seguir, descobriremos as causas mais frequentes da hemiparesia:

  • Acidentes que causem lesões em alguma área do cérebro, entre eles o AVC (Acidente Vascular Cerebral) e a trombose venosa cerebral.
  • Doenças neurológicas que afetem diretamente ao cérebro e/ou a medula óssea.
  • Câncer que se estenda ao cérebro.

É importante que saibamos que a hemiparesia surge quando a quantidade de sangue no cérebro diminui. Isto pode fazer com que muitos neurônios parem de funcionar corretamente e algumas áreas do corpo sejam alteradas.

Hemiparesia: o que é, sintomas, tipos, causas e tratamento - Causas da hemiparesia

Tratamento da hemiparesia

Além do tipo de hemiparesia que uma pessoa pode apresentar, existem alguns tratamentos que podem melhorar o prognóstico do paciente. Atualmente, é possível que uma pessoa tenha hemiparesia seja tratada através de diferentes profissionais de saúde. Os tratamentos da hemiparesia são os seguintes:

  • Fisioterapia: o paciente pode recuperar progressivamente a mobilidade nas zonas afetadas através de alguns exercícios físicos. Uma das fisioterapias que possuem os melhores resultados é a neuroplasticidade, que consiste em conectar certos neurônios a áreas saudáveis do cérebro. Outros métodos que podem ajudar recuperar a mobilidade são a terapia de espelho, terapia em casa FitMi, entre outros. Um profissional qualificado pautará os exercícios para hemiparesia necessários para cada paciente.
  • Terapia psicológica: em muitos casos, pode ocorrer que o paciente sinta medo, angústia e/ou ansiedade pelas zonas afetadas do corpo. Além da causa que origina a hemiparesia, é possível que isto produza emoções e pensamentos desagradáveis. Uma terapia psicológica pode ajudar a resolver os conflitos causados pela hemiparesia.

Este artigo tem como objetivo fornecer informações, aqui no Psicologia-Online não tentamos te dar um diagnóstico. Te sugerimos consultar com um especialista de saúde mental para ajudá-lo/a.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Hemiparesia: o que é, sintomas, tipos, causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Neuropsicologia.

Bibliografia
  • ELIASSON A.C., Krumlinde-Sundholm L., Rosblad B., Beckung E., Arner M., Ohrvall A.M., Rosenbaum P. El sistema de Clasificación de Habilidad Manual para niños con parálisis cerebral: desarrollo de escalas y evidencias de validez y confiabilidad. Departamento de Medicina y Neurología para niños, Julio de 2006; 48 (7), pp. 549-554.
  • FLINT REHAB. Neuroplasticidad después del accidente cerebro vascular: cómo el cerebro se reconecta para recuperarse después de una lesión. Recuperado de https://www.flintrehab.com/es/neuroplasticidad-despues-del-accidente-cerebrovascular
  • NOVAK, I. Diagnóstico basado en la evidencia, atención médica y rehabilitación para niños con parálisis cerebral. Revista de Neurología Infantil 2014, Vol. 29 (8) 1141-1156

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Hemiparesia: o que é, sintomas, tipos, causas e tratamento
1 de 2
Hemiparesia: o que é, sintomas, tipos, causas e tratamento

Voltar ao topo da página