Crescimento pessoal e autoajuda

Como deixar de mendigar amor?

 
Sara Sanchis
Por Sara Sanchis, Psicóloga especializada em Crescimento Pessoal. 5 abril 2024
Como deixar de mendigar amor?

Mendigar amor significa buscar desesperadamente a validação e afeto dos outros, muitas vezes às custas de sua própria autoestima e bem-estar. Pode manifestar-se de várias maneiras, como ser excessivamente complacente, tolerar comportamentos abusivos ou ignorar suas próprias necessidades para satisfazer as dos outros.

Para parar de mendigar amor, é importante trabalhar na sua autoestima e aprender a se amar. Para ajudar nisso, neste artigo de Psicologia-Online, vamos discutir sobre como deixar de mendigar amor. Especificaremos critérios que permitirão que você saiba quando está implorando por amor e forneceremos alguns conselhos para evitar isso. Confira!

Também lhe pode interessar: Como deixar de ser uma pessoa tóxica
Índice
  1. O que significa mendigar amor
  2. Como saber se você está mendigando amor
  3. Como parar de mendigar amor

O que significa mendigar amor

Mendigar amor significa fazer de tudo para conseguir pelo menos um pouco de amor. Pessoas que imploram por amor são capazes de fazer coisas que podem levá-las a perder sua dignidade com o único objetivo de serem amadas, mesmo que seja por um instante. Isso pode se manifestar em comportamentos como:

  • Dependência emocional: sentir-se incompleto ou inseguro sem a aprovação ou atenção dos outros. Se isso acontece com você, neste artigo, explicamos Como superar a dependência emocional em um relacionamento;
  • Complacência excessiva: mendigar amor significa estar disposto a fazer qualquer coisa, até mesmo sacrificar suas próprias necessidades e valores, para manter a atenção ou o afeto de outra pessoa;
  • Baixa autoestima: o ato de mendigar amor pode estar relacionado a sentir-se com pouco valor ou digno de amor, buscando constantemente a validação externa para compensar a falta de confiança em si mesmo.

De qualquer forma, mendigar amor é prejudicial para a saúde física e mental, pois prejudica a autoestima e a dignidade própria para preencher um vazio emocional. É importante reconhecer esses padrões de comportamento para abordá-los e trabalhar no desenvolvimento de um relacionamento mais saudável consigo mesmo e com os outros.

Como saber se você está mendigando amor

Pode ser difícil reconhecer que você está mendigando amor, pois muitas vezes esses comportamentos podem ser sutis ou até automáticos. No entanto, aqui estão os sinais que indicam que você está mendigando amor:

  • Sensação de vazio sem a atenção dos outros: você sente um vazio ou incompletude quando não está recebendo a atenção ou o afeto que deseja;
  • Necessidade constante de aprovação: ao mendigar amor, busca constantemente elogios, atenção e validação dos outros para se sentir valioso e seguro;
  • Medo do abandono: vive um intenso medo do abandono ou da perda de afeto, levando a agir de maneira desesperada ou carente em seus relacionamentos. Nesse caso, sugerimos a leitura de nosso artigo sobre Medo do abandono: por que acontece e como superá-lo;
  • Supervalorização de relações românticas: atribui uma importância excessiva às relações românticas como a principal fonte de sua felicidade, negligenciando outras áreas importantes de sua vida;
  • Ciúmes e necessidade de controle: podem surgir quando sente que está implorando por amor e percebe que outra pessoa está recebendo a atenção ou o afeto que deseja, gerando sentimentos de insegurança e ressentimento;
  • Auto-sacrifício excessivo: se sacrifica constantemente pelo bem-estar dos outros, mesmo que isso signifique negligenciar suas próprias necessidades e desejos;
  • Perfeccionismo nas relações: se esforça demais para ser perfeito ou agradar ao parceiro, temendo que qualquer erro ou imperfeição possa resultar em rejeição.
Como deixar de mendigar amor? - Como saber se você está mendigando amor

Como parar de mendigar amor

Parar de mendigar amor pode ser um processo desafiador, mas é possível com uma abordagem consciente e ações deliberadas. Aqui estão alguns conselhos que podem ajudar nesse processo e a trabalhar o seu ser interior:

  • Reconheça o problema: aceite que está mendigando amor e compreenda que essa dinâmica não é saudável nem sustentável a longo prazo. Investigue os motivos pessoais que o levaram a ter a necessidade de mendigar amor;
  • Cultive sua autoestima: trabalhe no desenvolvimento de uma imagem positiva de si mesmo/a. Reconheça suas qualidades, pontos fortes e realizações. Pratique o autocuidado e adote hábitos que o façam sentir-se bem. Para descobrir quais são os seus, aqui temos um artigo sobre as virtudes humanas;
  • Identifique e comunique suas necessidades: aprenda a reconhecer e expressar suas necessidades emocionais de maneira clara e direta. Comunique seus desejos e limites em seus relacionamentos de maneira assertiva. Aceite o passado e saiba que merece ser amado/a. Como qualquer ser humano, você é merecedor de amor e afeto por parte dos seus próximos.
  • Estabeleça limites saudáveis: aprenda a dizer "não" quando necessário e estabeleça limites claros em seus relacionamentos para proteger o seu bem-estar emocional. Não se comprometa com comportamentos que o façam sentir-se desconfortável ou desvalorizado/a. Dessa forma, conseguirá respeitar a sua dignidade pessoal e não tirar a dos outros. Para saber mais sobre esse tópico, confira nosso artigo sobre Bem-estar emocional: o que é e como melhorá-lo;
  • Pratique a gratidão: concentre-se nas coisas positivas da sua vida e nos relacionamentos que oferecem amor e apoio genuíno. Apreciar o que tem pode ajudá-lo a cultivar uma atitude mais positiva e satisfatória.

Lembre-se de que parar de implorar por amor é um processo gradual e pode levar tempo. Seja paciente e celebre os seus progressos ao longo do caminho. Com determinação e esforço, pode aprender a se amar de maneira mais completa e autêntica. Encontre a paz interior através do cuidado e apreço pessoal, em vez de mendigar amor.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como deixar de mendigar amor?, recomendamos que entre na nossa categoria de Crescimento pessoal e autoajuda.

Bibliografia
  • L. Alberto (2021). No mendigues amor. Editorial Booket.
Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 de 2
Como deixar de mendigar amor?