Partilhar

Como lidar com a morte de uma mãe

 
Por Equipe editorial. 9 dezembro 2019
Como lidar com a morte de uma mãe

Uma mãe é uma figura de referência vital. Por essa razão, o falecimento desse ente querido produz uma sensação de vazio. O amor de uma mãe é único. O amor incondicional, o acompanhamento e a generosidade são qualidades que definem a maioria das mães. Por esse motivo, quando ocorre o falecimento, essa data fica registrada na própria biografia como um acontecimento que marca um ponto de mudança.

Além da tristeza que essa despedida produz, a vida continua. É sobre isso que queremos falar neste artigo de Psicologia-Online, pois te daremos as chaves para você saber como lidar com a morte de uma mãe. A seguir, daremos ideias que podem te ajudar se você estiver neste momento vital ou se conhece alguém que está passando por esse processo.

5 conselhos para superar a morte da mãe

A dor apenas é superada vivendo-a. Como enfrentá-la com esperança? Confira algumas boas técnicas que te ajudarão a superar a morte de uma mãe com paciência, força e muita coragem.

1. Cada luto é único

Neste momento, as dicas são terapêuticas, mas também relativas, pois, além da generalidade do vínculo de mãe e filho, este laço é totalmente particular dentro de cada história. O luto pode estar condicionado por muitos outros fatores como, por exemplo, a qualidade da relação, os apoios sociais que a pessoa possui, as circunstâncias em que a morte ocorreu, a idade, entre outros.

Cada pessoa deve utilizar os recursos e estratégias que melhor funcionam, independentemente do que funcione para os demais. Por exemplo, há pessoas que preferem desfazer-se dos pertences do falecido, enquanto outros guardam algo especial: uma fotografia, uma peça de roupa ou uma joia.

Por fim, confie no seu próprio instinto para escrever cada novo dia após esse acontecimento. Identifique algo que te dê forças neste momento e concentre-se nessa energia poderosa.

2. Apoio social

A companhia do ambiente social mais próximo, as sinceras condolências das pessoas conhecidas e os gestos que fazem parte desse protocolo de despedida aumentam a resiliência de quem está sofrendo essa dor, devido ao peso da própria morte, opõe-se a intensidade da vida.

O apoio do ambiente mais próximo, as demonstrações de carinho e a companhia são bem-vindas, pois fornecem reconhecimento, conforto e escuta ativa. A presença dessas pessoas ajuda a enfrentar melhor o peso dessa dor, porque você não carrega a solidão com esse sofrimento.

3. Falar sobre isso

Que sua mãe partiu não significa que você não pode falar sobre ela. Você pode prestar homenagem à sua memória ao compartilhar fatos significativos e momentos engraçados dos quais você se lembra. Falar sobre sua mãe pode provocar tristeza em um primeiro momento, no entanto, não reprima essa experiência porque você precisa exteriorizar essas emoções e sentimentos associados à perda.

É difícil ser otimista nesse momento. No entanto, você pode estar mais próximo dessa filosofia positiva se, no momento do adeus, você tenta mudar à perspectiva a partir da qual analisa essa situação. A tristeza da perda é a consequência de uma fase anterior de amor, lembranças e experiências infinitas. Se você coloca valor nesse lado da balança, então, inevitavelmente você sentirá gratidão.

4. Oficinas de superação do luto

Essas oficinas ainda não são muito conhecidas por muitas pessoas, no entanto, são especialmente úteis e terapêuticas porque são processos orientados por especialistas em psicologia que coordenam cada nova sessão em que as pessoas que têm em comum o fato de haver vivido essa perda recentemente se reúnem. Portanto, isso aumenta a empatia diante da própria dor.

5. Continue com a sua vida

Aplique essa mensagem tanto no nível profissional como no âmbito pessoal. Embora a dor esteja muito presente, tente se concentrar em novas ilusões a curto prazo que lembram a essência própria da vida: o presente.

Você não pode fazer nada para mudar o que ocorreu, no entanto, você pode fazer algo para lidar com a sua realidade atual. Fazer essa diferenciação entre aquilo que depende de você agora e aquilo que você não pode mais resolver pode fazer a diferença para enfrentar esse momento.

Como lidar com a morte de uma mãe - 5 conselhos para superar a morte da mãe

Preste homenagem à sua mãe com a sua própria vida

Às vezes, após a morte de um ente querido, permanecem sentimentos contraditórios sobre o passado. Por exemplo, algumas pessoas se perguntam se poderiam ter feito algo que não fizeram para demonstrar seu amor. Esses tipos de sensações são muito humanos, no entanto, tente ficar em paz consigo mesmo sabendo que você agiu da melhor maneira possível.

Sua mãe sabia quanto você a amava e isso é o mais importante. Se você acredita que pode ter errado em alguma coisa, então, não se culpe por isso. É humano cometer erros! No entanto, também é realizar boas ações.

Por essa razão, agora você pode adotar o propósito de prestar uma sincera homenagem à memória de sua mãe através da sua vida cotidiana. Não se trata de fazer grandes atos heroicos, mas de dar um significado próprio ao esforço, a perseverança e ao propósito de superar essa dor. Pense em como sua mãe se sentiria orgulhosa.

Aquelas pessoas que têm fé na transcendência da vida após a morte também pode encontrar nesses valores um abrigo de esperança para viver este momento de dor.

Como lidar com a morte de uma mãe - Preste homenagem à sua mãe com a sua própria vida

Como manter a família unida após a morte de uma mãe

A morte de uma mãe pode ter um impacto na própria estrutura familiar, pois essa figura une os filhos ao seu redor. Pode acontecer que, com a morte da mãe, o contato é reduzido. No entanto, é importante tentar manter o contato com os entes queridos de forma regular, porque a família é, diante do individualismo, um medicamento que cura a dor da perda. De fato, é muito provável que essa fosse a vontade da mãe.

Luto de mãe: algumas reflexões

Por que é tão importante manter esse contato familiar? Seus entes queridos também conheceram a sua mãe. Portanto, sua vida e sua lembrança adquirem um significado especial nesse contexto. Por sua vez, essa família é uma herança emocional de amor que continua acompanhando-o.

De sua posição, prestando atenção especial naquilo que depende de você, tente manter uma relação cordial com seus familiares. Tente permanecer fiel à essas tradições que estiveram presentes em seu lar até agora.

Como lidar com a morte de uma mãe - Como manter a família unida após a morte de uma mãe

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como lidar com a morte de uma mãe, recomendamos que entre na nossa categoria de Emoções.

Escrever comentário sobre Como lidar com a morte de uma mãe

O que lhe pareceu o artigo?

Como lidar com a morte de uma mãe
1 de 4
Como lidar com a morte de uma mãe

Voltar ao topo da página