Partilhar

Como superar o luto

 
Por Marta Menéndez, Psicóloga. 8 fevereiro 2021
Como superar o luto

Ao longo de nossa vida experimentamos momentos bons e gratificantes, mas também temos que enfrentar a perda de nossos entes queridos e outros acontecimentos tristes. Perder um ente querido pode desencadear uma variedade de sentimentos intensos como dor, raiva, tristeza... Para algumas pessoas, o luto pode levá-las à depressão ou piorar sintomas depressivos já existentes. Chorar e se sentir triste diante da perda de uma pessoa querida é algo completamente normal e esperado, mas os sentimentos de tristeza e desesperança prolongados no tempo podem significar que está se experimentando uma depressão.

O tempo nos ajuda a ir superando esses sentimentos, assim como a reconhecer a dor e a tomar medidas para melhorar. Neste artigo de Psicologia-Online, te mostraremos como superar o luto e a tristeza pela perda de uma pessoa querida.

Também lhe pode interessar: O que é o medo para a psicologia

Como superar o luto: diferenças entre tristeza e luto patológico

Todos expressamos nossos sentimentos de forma diferente, enquanto algumas pessoas podem ter sintomas muito similares à depressão, como isolamento social e sentimentos intensos de tristezas, outros não. Entre a dor produzida por um luto normal e a depressão produzida por este luto, há grandes diferenças que podemos organizar entorno dos seguintes aspectos:

Duração dos sintomas

As pessoas com depressão se sentem deprimidas quase todo o tempo, enquanto que as pessoas aflitas ou que estão passando por um luto considerado normal, geralmente apresentam ondas de sentimentos negativos, isto é, há uma flutuação dos sintomas.

Aceitação de apoio

Pessoas com depressão geralmente começam a se isolar, evitam ou afastam outras pessoas de suas vidas. No entanto, pessoas que estão passando por um luto em suas vidas evitam entornos festivos, mas podem aceitar o apoio de alguns entes queridos.

Nível de funcionamento

Alguém que está atravessando um luto pode ser capaz de manter certo nível de funcionamento acadêmico ou profissional, até mesmo pode participar de atividades que a ajudem a manter a mente ocupada. No entanto, se se trata de uma depressão, sintomas graves podem ser experimentados, os quais não te permitem realizar atividades importantes, seja no âmbito profissional, acadêmico ou social.

O luto pode ser o fator que desencadeia uma depressão, mas nem todo mundo que apresenta um luto experimenta depressão.

Como superar o luto - Como superar o luto: diferenças entre tristeza e luto patológico

O luto segundo a psicologia: reflexões para a perda de um ente querido

Os processos de luto diante de perdas significativas são algo normal que experimentamos diante da perda de um ente querido, sentindo grande variedade de emoções. No entanto, algumas pessoas experimentam um luto duradouro e intenso, conhecido como luto patológico.

O luto patológico compartilha de alguns sintomas da depressão e também pode conduzir a esta ou piorar uma depressão já existente.

Os sintomas de um luto complicado ou patológico incluem:

  • Problemas para pensar sobre qualquer coisa que não seja a morte do ente querido;
  • Anseio duradouro pelo ente querido;
  • Dificuldade para aceitar que o ente querido se foi;
  • Amargura duradoura pela perda;
  • Sentir como se a vida não tivesse sentido;
  • Problemas para confiar nos outros;
  • Dificuldade para recordar lembranças positivas do ente querido;
  • Luto e tristeza que pioram com o tempo ao invés de melhorar.
Como superar o luto - O luto segundo a psicologia: reflexões para a perda de um ente querido

Quando procurar ajuda?

A perda de uma pessoa querida muda a vida e pode deixar um profundo vazio na vida futura da pessoa. Você deve procurar um/a especialista quando:

  • Há dificuldade para realizar atividades da vida diária;
  • Há sentimentos de culpabilidade pela morte do ente querido;
  • Ausência de objetivos na vida;
  • Perda do desejo em atividades sociais;
  • Desejo de ter morrido também;
  • Sentir como se a vida não valesse a pena sem o ente querido.

O que posso fazer para superar a tristeza diante da perda de alguém

Alguns conselhos que podem te ajudar a superar o luto e a dor produzida pela perda de um ente querido são:

Participar dos rituais (dependendo da cultura)

Para algumas pessoas, participar do funeral, missas e outros tipos de tradições pode ajudar a processar o luto e as emoções, em alguns casos é até mesmo necessário para superar essa fase de dor. Estar rodeado de pessoas que conheciam o ente querido pode ser muito reconfortante.

Expresse suas emoções e sinta-se aliviado

Se em alguns momentos você sente a necessidade de chorar não tente impedir. Não se preocupe se escutar algumas músicas ou fazer algumas coisas específicas seja doloroso porque te lembram da pessoa desaparecida, isso é algo completamente normal. Depois de um tempo, vai ficando menos doloroso e você começará a se sentir melhor.

Fale sobre isso quando puder

Algumas pessoas consideram que é bom contar a história de sua perda ou falar sobre seus sentimentos. Mas algumas vezes a pessoa não quer falar sobre a perda, isto é perfeitamente compreensível e ninguém deve se sentir pressionado a falar. Se você não se sente confortável para falar, procure formas alternativas de expressar suas emoções e pensamentos.

Conserve as lembranças

Há pessoas que decidem plantar uma árvore ou realizar encontros em honra da pessoa falecida, outros preferem fazer uma caixa de recordações com objetos e lembranças da pessoa perdida, na qual podem incluir uma carta escrita para essa pessoa expressando seus sentimentos.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como superar o luto, recomendamos que entre na nossa categoria de Emoções.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como superar o luto
1 de 3
Como superar o luto

Voltar ao topo da página