Psicologia clínica

Estresse causa tontura?

 
Alejandro Garcia Mingrone
Por Alejandro Garcia Mingrone. 8 novembro 2022
Estresse causa tontura?

Se uma pessoa está muito preocupada por diversos motivos que invadem seus pensamentos, com toda certeza ela se sente angustiada, cansada, irritada e enjoada. Embora seja verdade que cada pessoa controla suas emoções de uma forma diferente, qualquer um pode ser impactado por exigências sociais e familiares que lhe causem preocupação.

Quando isso acontece, podem surgir consequências desfavoráveis como a sensação de estar em uma altura muito alta e provocar um forte medo diante desse fato. Se você quer conhecer mais sobre esse sintoma, neste artigo de Psicologia-Online, explicaremos em se estresse causa tontura e te contamos os sintomas, a duração e o tratamento.

Índice
  1. Estresse dá tontura?
  2. Sintomas da tontura por estresse
  3. Causas da tontura por estresse
  4. Tratamento da tontura por estresse

Estresse dá tontura?

Sim, a tontura por estresse é um quadro clínico que provoca uma sensação de tontura por diversas causas. A diferença da tontura causada por estar a uma altura considerável e a tontura por estresse se manifesta diante as situações estressantes da vida.

Embora seja verdade que não há uma definição totalmente acertada, devido às condições clínicas, este tipo de tontura por estresse pode se encaixar em um transtorno por estresse agudo que é descrito no DSM-5[1]. Ainda assim, para poder chegar a um diagnóstico correto, é imprescindível que sejam cumpridos os seguintes critérios diagnósticos:

  • Memórias angustiantes de algum episódio vivido.
  • Percepção distorcida da realidade, neste caso, seria a sensação de tontura.
  • Evitar lugares relacionados com o acontecimento traumático.
  • Dificuldade para regular o sonho.
  • Estado de ânimo variável.
  • As alterações não podem ser explicadas a partir de outro transtorno mental e nem pela ingestão de substâncias tóxicas ou medicamentos.

Sintomas da tontura por estresse

Como saber se tenho tonturas por estresse? Para poder identificá-la a tempo, é preciso conhecer como ela se manifesta. Por isso, a seguir, descreveremos os principais sintomas das tonturas causadas pelo estresse:

  • Perda do equilíbrio corporal.
  • Tonturas.
  • Náuseas.
  • Vômitos.
  • Irritabilidade.
  • Sensação de insegurança.

Apesar da descrição realizada acima, é necessário esclarecer que a presença de algum desses sintomas de forma isolada não significa que você sofra de tontura por estresse. Diante da recorrência dos sintomas mencionados, o melhor é procurar por um profissional de saúde especializado.

Quanto tempo dura a tontura por estresse

Apesar de que não seja possível definir um tempo específico de duração da tontura por estresse, pode-se inferir que os sintomas dessa condição persistem, em média, durante 15 dias. No entanto, podem existir variações temporais em função das características individuais de cada pessoa, as quais também determinam a intensidade das tonturas.

Estresse causa tontura? - Sintomas da tontura por estresse

Causas da tontura por estresse

Conhecer a origem dessa condição é muito importante para compreender como os sintomas se manifestam em cada pessoa que sofre dessa patologia. Dessa forma, pode-se implementar estratégias para atenuar a intensidade dessa condição. Dessa forma, nos itens a seguir, você verá quais são as causas das tonturas por estresse:

  • Fatores ambientais: representam uma das causas mais comuns da tontura por estresse. Em linhas gerais, refere-se ao fato de ter vivido alguma experiência traumática que se alterna na vida cotidiana. As experiências podem oscilar entre ter sofrido maus-tratos familiar, abuso sexual, perda de entes queridos, ou acidentes de trânsito, entre outros. Portanto, a causa da tontura dependerá da história pessoal de cada um/a.
  • Fatores genéticos: embora seja verdade que as principais causas sejam tensões e o estresse em si, a tontura também pode ter uma base biológica. Existem setores do sistema nervoso central que estão vinculados ao processamento das emoções. Diante de momentos estressantes, esses gatilhos se ativam e dão lugar aos sintomas da tontura por estresse.

Tratamento da tontura por estresse

Como eliminar a tontura por estresse? Existem diferentes métodos efetivos para abordar sua sintomatologia. Veremos esses métodos abaixo:

  • Terapia psicológica: em casos de tontura por estresse é importante combater a tensão e as situações que provocam o estresse. A terapia psicológica fornece instrumentos que permitem lidar com as situações complicadas de uma forma mais leve. Na terapia, com um profissional de saúde especialista, é possível trabalhar os aspectos específicos que deixam cada um/a nervoso/a durante sessões personalizadas.
  • Medicação psiquiátrica: se os sintomas não diminuem após um tempo considerável e com ajuda psicológica, existe a opção de recorrer aos psicofármacos. A ingestão dos mesmos deve ser autorizada e supervisionada por um médico especialista.
Estresse causa tontura? - Tratamento da tontura por estresse

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Estresse causa tontura?, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Referências
  1. Asociación Estadounidense de Psiquiatría (2013). Manual Diagnóstico y Estadístico de los trastornos mentales (5ta ed.). Arlington: Editorial Médica Panamericana.
Bibliografia
  • Harari Masri, N., Roa Castro, F. (2019). Vértigo: revisión de los principales trastornos periféricos y centrales. Revista Medigraphic, 64 (4), 290-296.
Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 de 3
Estresse causa tontura?