menu
Partilhar

Tipos de TDAH

 
Por Andrea Fernández García. 8 julho 2022
Tipos de TDAH

O transtorno por déficit de atenção e hiperatividade é um transtorno do neurodesenvolvimento muito frequente em crianças e adolescentes. Define-se como uma disfunção biológica, de origem cerebral, que afeta a capacidade do menor, adolescente ou adulto para prestar atenção, regular sua atividade motora (hiperatividade) e frear seus comportamentos ou pensamentos (impulsividade).

De forma geral, tem repercussões acadêmicas, psicológicas e sociais importantes, além de que afeta a seu entorno mais próximo. Este transtorno é muito mais frequente em meninos do que em meninas, pois a cada 3 ou 4 crianças diagnosticadas com TDAH, uma é menina. Por outro lado, em adultos a diferença se reduz, já que para cada 2 homens que sofrem de TDAH, há uma mulher. Então, por que duas pessoas diagnosticas com a mesma condição podem ser tão diferentes? Neste artigo de Psicologia-Online, te explicaremos os diferentes tipos de TDAH segundo a definição do DSM-V e quais são seus sintomas e causas.

Também lhe pode interessar: Transtornos de neurodesenvolvimento: tipos

Transtorno de déficit de atenção desatento (TDA)

Frequentemente, a pessoa que sofre de TDAH de tipo desatento pode apresentar os seguintes sintomas, no mínimo 6 ou 5 para adultos a partir de 17 anos, durante ao menos 6 meses:

  • Não presta atenção suficiente aos detalhes ou comete erros por descuidar das tarefas que realiza, sejam escolares, profissionais ou em outras áreas.
  • Dificuldades para manter a atenção em tarefas ou atividades lúdicas.
  • Parece não escutar quando se fala diretamente com ela.
  • Não segue instruções ou não termina o que começa.
  • Dificuldade para organizar tarefas e atividades.
  • Evita, não gosta ou é reativa a atividades que requerem um esforço mental contínuo.
  • Perde objetos necessários para certas tarefas ou atividades.
  • Se distrai facilmente com estímulos irrelevantes.
  • É esquecido ou descuidado nas atividades, tarefas e recados.

Para determinar que se trata deste tipo de transtorno por déficit de atenção, os sintomas mencionados devem estar presentes em mais de uma área da vida da pessoa. Além disso, devem existir provas claras de que os sintomas podem estar interferindo no desenvolvimento e qualidade de vida do indivíduo. Se você está com dúvidas, neste artigo, te mostramos muitos outros tipos de atenção.

Transtorno por déficit de atenção hiperativo e impulsivo (TDAH)

Frequentemente, a pessoa que sofre de TDAH de tipo hiperativo e impulsivo apresenta os seguintes sintomas, sendo no mínimo 6 deles ou 5 para adultos a partir de 17 anos, durante ao menos 6 meses:

  • Move as mãos e os pés excessivamente ou se mexe na cadeira.
  • Geralmente está inquieto/a em situações em que é necessário permanecer sentado/a.
  • Corre ou pula excessivamente em situações inapropriadas. Em adultos podem estar presentes sentimentos subjetivos de inquietação.
  • É barulhenta ou escandalosa demais durante brincadeiras, ócio ou atividades sociais.
  • Fica incomodada se precisar ficar quieta por um tempo prolongado. Os outros a percebem como inquieta e consideram difícil estar com essa pessoa.
  • Fala excessivamente.
  • Dá respostas antes de que terminem de perguntar as coisas. Os adultos podem completar as frases dos outros ou se intrometer nas conversas.
  • Têm dificuldades para aguardar ou esperar em uma fila.
  • Interrompe ou se intromete em assuntos alheios.

Na hora de determinar se se trata de TDAH hiperativo e impulsivo, os sintomas devem estar presentes em mais de uma área da vida da pessoa. Também é necessário poder provar que estes sintomas estejam interferindo ou afetando gravemente a pessoa afetada.

Tipos de TDAH - Transtorno por déficit de atenção hiperativo e impulsivo (TDAH)

Transtorno por déficit de atenção e hiperatividade combinados

No tipo de transtorno por déficit de atenção e hiperatividade combinados se manifestam 6 ou mais sintomas dos mencionados anteriormente, tanto da sintomatologia do grupo desatento como da do grupo de hiperatividade e impulsividade. Além disso, neste caso, os sintomas se manifestam nas mesmas condições que nos dois tipos anteriores.

Se você precisa de mais informações sobre isso, nestes artigos, te contamos como é TDAH na escola: como lidar com ele.

Causas do transtorno por déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

O TDAH é considerado um transtorno com etiologia multifatorial, isto é, as causas que demonstraram estar relacionadas com o transtorno por déficit de atenção e hiperatividade são uma combinação, tanto de fatores individuais como de fatores ambientais que influenciam o sujeito. Dizendo de outra forma, os tipos de TDAH surgem pela interação de fatores genéticos e ambientais, ainda que a genética tenha um peso 75% maior.

Fatores individuais

Os fatores de risco individuais que causam o TDAH são os seguintes:

  • Fatores genéticos: foram relacionadas vias dopaminérgicas, noradrenérgicas, serotoninérgicas e algumas proteínas envolvidas na exocitose de neurotransmissores, desde as vesículas de armazenamento dos neurônios até o espaço sináptico.
  • Fatores perinatais somados à vulnerabilidade genética, como, por exemplo, peso baixo ao nascer, consumo de álcool ou tabaco da mãe.
  • Receptores e neurotransmissores: alguns estudos se referem a uma disfunção do córtex pré-frontal e outras áreas cerebrais corticais e subcorticais nas quais estariam implicadas as vias dopaminérgicas, noradrenérgicas e serotoninérgicas.
  • Diminuição do volume cerebral total.
  • Alterações na cápsula interna, cerebelo e corona radiada anterior.
  • Atividade do cérebro em repouso inadequada.
  • Temperamento difícil.

Fatores ambientais

Os fatores de risco ambientais

  • Estilos educativos e interação familiar: se há falta de controle, rejeição e predomina a ausência de supervisão com uma relação pouco afetuosa, isto gerará no filho ou na filha falta de afeto e vínculo fraco com os pais, baixo autocontrole e impulsividade e pouco interesse escolar. Um estilo dominado pela falta de controle e supervisão, com falta de exigência de afeto e aceitação, favorecerá um comportamento imaturo com pouco autocontrole, pouca independência, pouca responsabilidade e maior agressividade.
  • Psicopatologia dos pais que gere um apego inseguro.
Tipos de TDAH - Causas do transtorno por déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Tipos de TDAH, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Bibliografia
  • Segura, A. B. J. (2009). El TDAH, Trastorno por Déficit de Atención con Hiperactividad, en las clasificaciones diagnósticas actuales (CIE 10, DSM IV–R y CFTMEA–R 2000). Norte de Salud mental, 8(35), 30-40.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Tipos de TDAH
1 de 3
Tipos de TDAH

Voltar ao topo da página