Psicologia clínica

Aritmomania (mania de calcular): causas e como tratar

 
Anna Rafaela Pires
Por Anna Rafaela Pires. 14 dezembro 2022
Aritmomania (mania de calcular): causas e como tratar

Você faz ou conhece alguém que tem mania de ficar contando os degraus da escada? Ou então o número de cadeiras da sala de aula? Pois é, sabia que essa mania de calcular é chamada de Aritmomania? Quando uma mania dessas começa a afetar nossa vida, deixando nossos comportamentos disfuncionais e complicando nosso dia a dia torna-se o transtorno da aritmomania.

Sabendo sobre como esse transtorno pode afetar a vida dos indivíduos, vamos entender melhor sobre ele e sobre sua relação com a obsessão e compulsão. Neste artigo de Psicologia-Online vamos lhe explicar sobre aritmomania ou mania de calcular.

Também lhe pode interessar: Oneomania (compras compulsivas): como tratar
Índice
  1. O que é aritmomania
  2. Relação aritmomania e TOC
  3. Aritmomania tem cura?

O que é aritmomania

A aritmomania é uma mania obsessiva-compulsiva (TOC) em o indivíduo busca estar sempre contando. Essa mania de calcular ocorre em diversos lugares e situações, afetando a vida da pessoa. Por exemplo, o indivíduo deseja contar todos os desgraus da escada, caso ele não conte, sente o medo iminente e ansiedade exacerbada.

Contar os degraus, letras, número de pisos, número de cadeiras, entre outros, são as principais caracterísitcas da mania de calcular. Geralmente quando possuímos ou conhecemos alguém que possui esse distúrbio, conseguimos perceber facilmente.

Relação aritmomania e TOC

A aritmomania é um dos tipos de TOC, visto que possui o mesmo ciclo: passa por pensamentos obsessivos e desconfortáveis que causam ansiedade. O ser humano está sempre em busca de viver com menos sofrimento, então quando percebe essa ansiedade, começa a criar compulsões/atos para aliviar essa tensão.

O Transtorno Obsessivo-Compulsivo, como o próprio nome diz, é a presença de compulsões e/ou obsessões (geralmente em conjunto). As obsessões são mais características por pensamentos repetitivos e intrusivos causando desconforto, enquanto as compulsões são atos repetitivos que a pessoa sente que precisa realizar uma ação para prevenir ansiedade. No caso da aritmomania, a mania de contar serve para gerar esse alívio.

Exemplo de aritmomania

Então como que é a mania de calcular na prática? Um dos exemplos que pode explicar sobre a aritmomania é o seguinte:

Um indivíduo que está sempre passando por fortes ansiedades quando sobe uma escada, com pensamentos como "Não vou conseguir subir essas escadas, não consigo subir, não tenho força", pode começar a contar os degraus da escada como forma de aliviar a tensão do pensamento.

Aritmomania tem cura?

Aritmomania tem cura sim, seu tratamento baseia-se no tratamento do TOC. Ele consiste em medicamentos, terapia cognitivo-comportamental (TCC/Behavorista). A TCC é a melhor abordagem para o tratamento desse distúrbio, devido suas funções no tratamento da ansiedade e estresse.

Os medicamentos mais usados no tratamento da mania de calcular são os inibidores da recaptação da serotonina (fluoxetina, sertralina, citalopram). Visto que os pacientes com esse tipo de transtorno reagiram melhor aos medicamentos serotononinérgicos (que aumentam a serotonina no sangue).

Técnicas usadas para tratamento de Aritmomania:

  • Técnicas de Mindfulness
  • Psicoterapia
  • Exercícios físicos para diminuição da ansiedade e melhora do humor
  • Relaxamento Progressivo de Jacobson
  • Analise do comportamento e reconceituação cognitiva

Técnicas de mindfulness

Uma das técnicas mais interessantes para tratar a mania de calcular é por meio de mindfulness. Sã técnicas vinculadas com pensamentos. Afinal, a mania de calcular começa com a necessidade de contar que vem por meio dos pensamentos obsessivos-intrusivos.

Uma técnica mindfulness para pensamentos é "Mindfulness do pensamentos atuais", que está focada em observar os pensamentos como gatilhos, como algo que veio do cérebro. Mas como assim? Geralmente quando estamos pensando, nós entendemos nossos pensamentos como verdades e fatos. E essa técnica é exatamente para quebrar essa falsa verdade de nossos pensamentos.

Então, o indivíduo deverá perceber seus pensamentos não como verdades, mas apenas como "sensações de seu cérebro", com isso, reduzindo a ansiedade que eles causam e seus sintomas compulsivos de contar.

Psicoterapia

Para qualquer tratamento de transtornos psicológicos é essencial a psicoterapia. Atualmente a maioria dos transtornos de ansiedade possuem maiores resultados de "cura" quando utilizado a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC), devido às suas técnicas e forma de trabalho. Saiba mais sobre TCC no nosso outro artigo.

Exercícios físicos

Atividades físicas e esportes estão mutio relacionadas com o tratamento de transtornos de ansiedade, mas devido a sua liberação de hormônios que aliviam esses estresses, os exercícios físicos também são usados no tratamento da mania de calcular.

A aritmomania possui um vínculo forte com a ansiedade e os pensamentos obsessivos, logo, com os exercícios físicos irá reduzir a ansiedade e, com isso, os pensamentos intrusivos ficarão mais fracos.

Saiba mais sobre pensamentos intrusivos neste artigo.

Relaxamento Progressivo de Jacobson

Dentro da psicoterapia TCC sempre usamos muitas técnicas de relaxamento. Para a mania de calcular podemos usar também esses mecanismos de tranquilidade, para acalmar nossos sintomas e, assim, lidar com a compulsão e obsessão de estar sempre contando.

O relaxamento progressivo de Jacobson consiste em respirações profundas, contração e relaxamento de músculos. Saiba como fazer o relaxamento progressivo de Jacobson.

Análise de Comportamento e Reconceituação Cognitiva

Existe mais de um motivo para a TCC ser a terapia mais indicada para tratamento da Aritmomania, dentro da psicoterapia dessa abordagem há também a Análise de Comportamento e reconceituação cognitiva. É por meio dessas duas técnicas usadas que o paciente, junto com seu psicólogo, irá conseguir consttruir novos hábitos e comportamentos.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Aritmomania (mania de calcular): causas e como tratar, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Bibliografia
  • LINEHAN, Marsha M. Treinamento de Habilidades em DBT: manual de terapia comportamental dialética para o o terapeuta [recurso eletrônico] / Marsha M. Linehan; tradução: Henrique de Oliveira Guerra; revisão técnica : Vinícius Guimarães Dornelles - 2. ed. - Porto Alegre: Artmed, 2018;
  • SOARES DA SILVA, Dacio Ronie; DA SILVA ALENCAR, Eduardo Tadeu; DA SILVA DIAS, Emerson; GATTI DE MENEZES, Fabiana; Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC): Caracterísitcas, classificação, sintomas e tratamento. Conscientia e Saúde, vol.6, núm. 2, 2007, pp. 351-259
Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Aritmomania (mania de calcular): causas e como tratar