menu
Partilhar

Dilemas morais: o que são, tipos e exemplos

 
Por Sara Sanchis, Psicóloga especializada em Crescimento Pessoal. 20 agosto 2021
Dilemas morais: o que são, tipos e exemplos

Os dilemas morais são situações nas quais acontece um determinado conflito moral e diante dos quais as pessoas escolhem uma solução ou outra de acordo com nosso nível de desenvolvimento moral. O trabalho concreto com dilemas morais foi defendido por Kohlberg como medida útil para fomentar o raciocínio crítico nas pessoas e promover, com isso, seu desenvolvimento moral.

Neste artigo de Psicologia-Online, iremos expor o que são os dilemas morais, tipos e alguns exemplos utilizados nos trabalhos de Kohlberg. Concluiremos destacando a importância de usar tal ferramenta dentro do âmbito educativo como meio efetivo para trabalhar o desenvolvimento moral dos jovens.

O que são os dilemas morais

Se você se pergunta o que é um dilema moral, é um momento vital no qual ocorre uma situação de conflito moral, ou conflito de valores, cuja resolução implica na escolha de uma resposta concreta que será determinada por nosso nível de desenvolvimento moral. A resolução dos dilemas morais supõe todo um complexo processo de raciocínio crítico e introspecção sobre os próprios valores e sobre o modo considerado mais correto para resolver a situação.

Tipos de dilemas morais

Segundo Omar A. León, em seu livro "Dilemas morais, uma estratégia pedagógica para o desenvolvimento da consciência moral", existem dois tipos de dilemas morais:

  • Hipotético: aqueles que planejam situações com elementos próximos e familiares, mas não ocorridas que, apesar de não ter o componente de "identificação" com a situação, servem igualmente para favorecer o desenvolvimento de habilidades discursivas e o raciocínio moral diante de situações novas e diferentes das conhecidas.
  • Reais: são aqueles baseados em eventos mais realistas e significativos para as pessoas afetadas. A solução destes dilemas parte da identificação com este tipo de situações, o que gera um processo de introspecção sobre a própria conduta moral.

Exemplos de dilemas morais utilizados por Kohlberg

Kohlberg fez uso de pequenos textos que expunham dilemas morais para trabalhar o desenvolvimento moral nos jovens. Para ele, a importância de utilizar esta ferramenta não era tanto oferecer uma ou outra solução ao dilema moral, mas sim ao processo reflexivo ético ao qual o jovem era induzido para concluir uma determinada solução. Alguns dos exemplos de dilemas morais utilizados por Kohlberg são os seguintes:

  • O preso fugitivo: uma pessoa é condenada a 10 anos de prisão e, prestes a ser preso, foge. Muda seu nome e começa uma nova vida. Trabalha de forma digna e acaba montando uma empresa na qual oferece trabalhos e salários dignos a seus trabalhadores. Uma vizinha sua o reconhece como o preso fugitivo da prisão de anos atrás, qual comportamento a vizinha deveria adotar?
  • O dilema de Heinz: trata-se de um homem cuja mulher está doente com câncer. Seu tratamento é excessivamente caro e o farmacêutico não quer reduzir seu preço. Heinz está desesperado e cogita como opção para salvar sua mulher roubar o medicamento. O que ele deve fazer?

Em ambos exemplos de dilemas morais, as duas alternativas de resposta comprometem valores morais. No primeiro caso, a vizinha deve escolher entre delatar um preso fugitivo, cumprindo as leis, ou ignorar e ocultá-lo, priorizando o valor de sua própria reconstrução como pessoa mais ética e respeitosa.

No segundo caso de dilema moral, o protagonista se encontra entre duas opções comprometedoras: roubar o medicamento, com o risco de ser castigado pela lei, ou não fazer isso, dificultando o possível processo de recuperação de sua mulher. Cada resposta, e mais ainda, cada processo reflexivo mostra o nível de desenvolvimento moral no qual uma pessoa específica se encontra, tal como L. Kohlberg expunha em sua Teoria do desenvolvimento moral.

Importância dos dilemas morais no âmbito educativo

Os dilemas morais são situações que, de um modo ou de outro, se apresentam continuamente em nossas vidas e respeitam seu desenvolvimento ético e moral. Vejamos quais são estas possíveis direções:

  • Se uma comunidade ou sociedade encoraja valores distantes da ética, a solução dos diferentes dilemas morais que surgirem entre os cidadãos serão resolvidos com baixos níveis de desenvolvimento pró-social, o que desencadeará um clima pouco solidário, de empatia escassa e com altos níveis de conflito.
  • Se a sociedade se caracteriza por promover valores éticos universais, o desenvolvimento moral de seus integrantes será favorável e a resolução de dilemas morais acontecerá de maneira pacífica e fomentando soluções cordiais, solidárias e respeitosas para todos.

Por tudo isso, é importante a inclusão do trabalho com dilemas morais dentro do âmbito educativo, já que fomenta, desde muito cedo, o raciocínio e desenvolvimento ético e moral das crianças e adolescentes. Deste modo, os processos de introspecção e de reflexão crítica serão favorecidos, e sendo processos inatos ao ser humano, precisam ser encorajados e devidamente acompanhados para se desenvolverem de maneira adequada.

Todo este processo favorecerá comportamentos pró-sociais nas pessoas e, como consequência, sociedades mais cooperativas, solidárias e unidas.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Dilemas morais: o que são, tipos e exemplos, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia social.

Bibliografia
  • LEÓN, O.A. (2013). Dilemas morales, una estrategia pedagógica para el desarrollo de la conciencia moral. Ed. Universidad Santo Tomás.
  • GOBIERNO DE CANÁRIAS (2013). Ejemplos de dilemas morales. Disponível em: <https://www3.gobiernodecanarias.org/medusa/ecoblog/johergon/files/2013/04/Ejemplos-de-dilemas-morales.pdf> Acesso em: 17 de agosto de 2021.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Dilemas morais: o que são, tipos e exemplos
Dilemas morais: o que são, tipos e exemplos

Voltar ao topo da página