Partilhar

O que significa sonhar que não consegue falar

 
Por Bryan Longo. Atualizado: 29 setembro 2020
O que significa sonhar que não consegue falar

Provavelmente, a maioria de nós conhece a teoria de que todas as noites enquanto dormimos, ficamos imersos em nosso mundo onírico. Saber que todos os dias sonhamos, mas que não conseguimos lembrar dos elementos dos sonhos, nos produz incerteza. Temos curiosidade sobre tudo o que pode passar por nosso inconsciente, mas que não podemos articular se os elementos visuais não estiverem presentes, pois mesmo em sua apresentação amorfa e confusa, carregam significados subjetivos, que podem funcionar através de associações e é possível conseguir uma interpretação confiável por meio de técnicas, em especial a psicanálise.

Você sonhou que não conseguia falar e quer saber o significado deste sonho? Que pedia ajuda e sua voz não saía? Que não conseguia falar nem se mexer? Neste artigo de Psicologia-Online, vamos te explica o que significa sonhar que não consegue falar.

Também lhe pode interessar: Não tenho vontade de viver: o que faço?

O que significa sonhar que não consegue falar nem se mexer

O despertar e não conseguir mover nenhum músculo (atonia) ou soltar um grito, e em certos casos notar presenças obscuras perto de nós ou experimentar sensações de pressão no peito (como se respirar estivesse difícil), é uma experiência muito comum e também existe uma explicação neurológica para este tipo de experiência, é conhecida como paralisia do sono, uma das variantes da parassonia.

Quando nos encontramos na fase REM (Rapid Eye Movement) de nosso sonho, nossa consciência cerebral se encontra muito ativa e é justamente neste momento em que começamos a sonhar. Neste instante entram em jogo dois neurotransmissores: Glicina e GABA. Sua função é trabalhar de forma conjunta para deter o movimento da maioria de nossos músculos e assim evitar que tentemos representar fisicamente os sonhos, o que pode nos machucar no processo. O que ocorre em uma paralisia do sono é que nossa mente se desperta, mas nosso corpo não. Como nossos músculos continuam paralisados por estes neurotransmissores, não podemos nos mover nem emitir nenhum som, e em alguns casos podem surgir alucinações durante este tipo de episódios (conhecidas como alucinações hipnopômpicas, quando ocorrem antes de despertar e hipnagógicas quando ocorrem antes do início do sono). Estes casos muitas vezes são situações isoladas provadas por estresse, falta de sono ou o muito conhecido Jet Lag, logo dormir adequadamente (boa higiene do sono) pode contribuir com a desaparição deste problema.

No entanto, podem ocorrer de forma muito frequente em pessoas com algum tipo de diagnóstico de depressão, ansiedade, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) ou narcolepsia.

Entendemos então que a paralisia do sono ocorre quando a pessoa que está sonhando desperta no momento errado (enquanto o período de sono REM não terminou) e, como resultado, os músculos ainda estão sonolentos, incluindo os músculos peitorais - com exceção do diafragma - sendo esta a razão pela qual o sonhador apresenta dificuldade para respirar ou sente e vê que algo pesado está repousando sobre seu peito.

Sonhar que está pedindo socorro e a voz não sai

Outro detalhe sobre estes sonhos ou paralisias do sono é a incapacidade para pedir ajuda, e isto tem muito sentido, já que os músculos que controlam a boca também não funcionam, por esta razão quando se tenta pedir ajuda, acontece que a pessoa não consegue pronunciar uma só palavra.

Também, como se detalhava anteriormente, podem ocorrer pesadelos que possuem uma característica alucinatória (sombras, pessoas...) das quais não se pode fugir, nem gritar para pedir ajuda. Isto ocorre porque está acontecendo um pesadelo enquanto a pessoa está parcialmente acordada, os olhos se abrem, mas o resto dos músculos não funcionam e por este motivo podemos ver somente o entorno, mas sem mover nenhuma parte do corpo.

Algumas pessoas relatam que na tentativa de pedir ajuda, tentam mover os dedos, a cabeça ou os pés, seja para correr ou lutar, ou apenas para tentar despertar a si mesmo ou a quem está ao nosso lado. Também há muitos casos em que o sonhador relata que somente foi capaz de acordar destas experiências oníricas quando teve a sensação de ser ferido ou agredido (enforcado, asfixiado ou ser lacerado por algum objeto pontiagudo).

Entretanto, é possível que esta experiência seja mais desagradável quando o sujeito passar por despertares falsos, ou seja, despertar dentro do sonho várias vezes. Mesmo que já tenha sido ferido (o que funciona como um totem para acordar), o sujeito relata que tenta se levantar da cama novamente e não pode se mover nem pedir ajuda.

Causas da paralisia do sono

Por que a paralisia do sono ocorre? O que pode causar as paralisias do sono? A seguir compartilhamos algumas das causas mais frequentes das paralisias do sono:

  • A privação do sono.
  • Falta de sono crônica.
  • Padrões de sono alterados.
  • Estresse crônico.
  • Comidas pesadas ou açucaradas antes de ir para a cama.
  • Alguns relatam que é possível que a causa seja muito simples, como dormir de barriga para cima.
  • Transtornos mentais.
  • O consumo de algumas substâncias recreativas e de uso farmacêutico (antidepressivos tricíclicos, ISRS, bloqueadores beta-adrenérgicos).
  • Narcolepsia, onde há déficit ou alteração de orexina (hormônio que ajuda o corpo a se manter alerta e atua na regulação do ciclo vigília-sono).

Como evitar a paralisia do sono

A seguir trazemos alguns conselhos que você pode seguir para evitar experimentar as paralisias do sono, que são bem desagradáveis:

  1. Dormir a quantidade de horas suficiente (de 7 a 8 horas por dia). Aqui você encontrará 15 conselhos para dormir bem.
  2. Procurar estabelecer um horário para ir para a cama todos os dias.
  3. Dormir de lado ou de bruços.
  4. Evitar comidas muito fortes e em quantidades grandes durante a noite. Ou seja, fazer um jantar leve.
  5. Evitar o consumo de cafeína e do álcool.
  6. Praticar meditação durante ao menos 5 minutos pode ajudar no relaxamento e reduzir os sintomas de ansiedade que podem provocar pesadelos. Neste artigo você pode encontrar técnicas de meditação para iniciantes.
  7. Se existem patologias mentais é recomendável que você procure um terapeuta.
  8. Buscar a higiene do sono.
  9. Não usar dispositivos móveis durante pelo menos uma hora antes de se deitar.
  10. Evitar ver vídeos que possam causar medo.

O vídeo que colocamos abaixo pode te ajudar a relaxar.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que significa sonhar que não consegue falar, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Bibliografia
  • Montserrat, J. M., & Santamaría, J. (2007). Trastornos del sueño. In Libro de la salud del Hospital Clínic de Barcelona y la Fundación BBVA (pp. 467-476). Fundación BBVA.
  • Roballo Ros, F. (2016). Parálisis del sueño: desenmascarando el fantasma, exploración holística y psicológica.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

O que significa sonhar que não consegue falar
O que significa sonhar que não consegue falar

Voltar ao topo da página