menu
Partilhar

Como ser perfeita em tudo

 
Por Anna Rafaela Pires. 17 outubro 2022
Como ser perfeita em tudo

Você anda sentindo que precisa ser perfeita(o) em tudo? Que você sempre tem que se esforçar o máximo possível em tudo que você faz? Você possui aquela sensação de que se você não der tudo de si, não será amado(a)? Será que isso é um problema?

O perfeccionismo dentro da psicologia é visto como um traço de personalidade inicialmente, contudo, ser perfeito em tudo é uma característica que devemos prestar atenção. Sim, querer ser perfeito(a) em tudo é um problema sério que pode ser entrada para diversas patologias. Além disso, o perfeccionismo excessivo é uma forma errada e destrutiva de ver o mundo.

Existem muitas mentiras sobre o perfeccionismo por aí, talvez até mesmo uma supervalorização dele. Com isso, podemos ver a necessidade de entendermos melhor sobre isso. Nesse artigo de Psicologia-Online iremos ajudar você a entender melhor sobre como ser perfeita em tudo e o que isso acarreta.

Também lhe pode interessar: Jogos para exercitar a mente

O que é uma pessoa perfeccionista?

Uma pessoa perfeccionista é aquela que possui padrões muito altos, uma postura rígida e crítica de maneira super exagerada. É uma pessoa que vive em constantes autoavaliações. Muitos desses indivíduos sabem o que é perfeccionismo, porém não vêem problema nisso.

Agora você consegue entender melhor o que é uma pessoa perfeccionista na prática. Mas afinal, o que é perfeccionismo? Vem da personalidade? É aprendido com os pais?

O perfeccionismo é uma característica da personalidade, contudo possui dimensões externas também. Ou seja, existem indivíduos que já nascem com esse traço mais latente, porém, o ambiente o reforça e faz com que o que seria um "perfeccionismo saudável" se torne em algo patológico.

No momento em que o perfeccionismo se torna excessivo e limitante, afetando as áreas da vida do indivíduo de maneira significativa e destrutiva, podemos vê-lo como uma busca pela perfeição doentia e uma "porta" para outros problemas, como a depressão e a ansiedade.

Perfeccionismo na Psicologia

Podemos reparar que a pessoa que deseja ser perfeita em tudo, possui padrões elevadissímos de como deseja ser e se portar.

Indivíduos que querem ser perfeitos em tudo possuem uma tendência muito maior à depressão e ansiedade. No estudo sobre o perfeccionismo em adolescentes, percece-se que grande parte daqueles que possuem esses problemas apresentam os seguintes sintomas:

  • Nível alto de autocobrança
  • Perfil rígido
  • Traços de personalidade muito críticos
  • Expectativas muito altas
  • Padrões muito elevados

Você não tem que ser perfeita(o) em tudo

No estudo [1] podemos perceber que as pessoas que querem ser perfeitas em tudo, possuem uma preocupação excessiva com a qualidade do desempenho delas. Então o perfeccionismo em si, também nasce de um receio de "não ser adequado". Logo, se você não se sente adequado, precisa buscar algo que ache adequado e, nesse caso, o indivíduo vai se basear em padrões completamente exagerados e provavelmente inalcançaveis.

Como ser perfeita em tudo de maneira saudável

O perfeccionismo é uma doença que afeta o indivíduo de maneira multidimensionada. Ou seja, afeta sua funcionalidade tal como sua psique, seu comportamento, pensamentos e emoções. Porém, alguns teóricos na área de psicologia acreditam que o perfeccionismo pode ser "direcionado para o bem", veja:

Os perfeccionistas normais são descritos como indivíduos que definem objetivos elevados e são capazes de estabelecer limites à sua performance tendo em consideração as suas forças e limitações.

O perfeccionismo para esses autores é, sim, uma doença, contudo, ele pode ser "canalizado" de uma maneira adaptativa. Para fazer isso é necessário ter noção de que a pessoa que quer ser perfeita em tudo possui expectativas altissímas, mas também grandes capacidades de construção.

Com isso, se o indivíduo perfeccionista buscar um padrão adaptativo ele poderá fazer trabalhos que ele deseja sem grandes quantidades de críticas e sofrimento perante padrões não alcançados. É necessário que haja um equilíbrio entre baixar as expectativas e os padrões e aumentar a sensação de capacidade para fazer o que se deseja com erros.

Como lidar com o perfeccionismo de maneira saudável

Para que o seu desejo de ser perfeita em tudo não te deixe doente, você deve considerar:

  • Aumentar a tolerância ao fracasso
  • Diminuir a autocrítica
  • Diminuir as expectativas perante seus projetos
  • Rebaixar os padrões desejados
  • Transformar o perfeccionismo destrutivo em adaptativo

Tolerar o fracasso

Pode ser irônico mas indivíduos que querem ser perfeitos em tudo tendem a procrastinar seus desejos e sonhos. Isso acontece, pois criam expectativas tão altas e padrões tão elevados que na hora de fazer perdem a coragem, pois é um objetivo impossível de ser alcançado.

Além disso, o fracasso não é facilmente tolerável, isso ajuda a procrastinação. Se eles não querem falhar, por que eles irão tentar fazer algo que parece impossível?

Sabendo disso, o primeiro passo para ser perfeita em tudo é: aumente sua tolerância às suas frustrações. Busque entender que todos erramos e isso é normal.

Diminuir a autocrítica

A autocrítica é uma das características mais comuns na pessoa perfeccionista. E ela é um dos motivos desses indivíduos sofrerem tanto com a ansiedade. Geralmente esses padrões de crítica excessiva vem em conjunto com pensamentos ruminantes.

Ou seja, pensamentos que ficam indo e vindo diversas vezes ao longo do tempo. Agora imagine, uma pessoa que se autocritica em busca de como ser perfeita em tudo pensando nisso o tempo todo. Como não ficar ansiosa, certo?

Diminua a autocrítica e com isso você terá mais calma, com calma você conseguirá fazer as coisas de uma maneira melhor e mais detalhada.

Diminuir expectativas e baixar padrões

Diminuir as expectativas e os padrões é essencial para ser perfeita em tudo de maneira saudável. Afinal, se você já possui uma grande capacidade como indivíduo perfeccionista, se você baixar suas expectativas, todos os seus desejos serão alcançados dando-lhe mais confiança para alcançar outros sonhos.

Para ser perfeita em tudo, você precisa entender que não existe ninguém igual a você. Para você se sentir perfeita(o) precisa entender que sua perfeição também está nos seus erros. E é essencial que você construa uma autoestima e diminua suas expectativas/padrões perante as coisas que você faz.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como ser perfeita em tudo, recomendamos que entre na nossa categoria de Outros vida saudável.

Referências
  1. ALMEIDA, Ana Inés Henriques Cabral Lopes de. Relação etnre pérfeccionismo, auto-criticismo e perturbação psicológica na adolescência.
Bibliografia
  • OLIVEIRA, Diana; CARMO, Cláudia; CRUZ, José; BRÁS, Marta. Perfeccionismo e representação vinculativa em jovens adultos.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Como ser perfeita em tudo
Como ser perfeita em tudo

Voltar ao topo da página