menu
Partilhar

O que são aptidões pessoais: lista e exemplos

 
Por Gianluca Francia, Psicólogo. 15 setembro 2021
O que são aptidões pessoais: lista e exemplos

Podemos considerar aptidão a capacidade de aprender um determinado comportamento, ou uma condição congênita de uma certa eficiência que se converte em capacidade apenas se for manifestada, mas que sempre pode permanecer em estado latente, ou até mesmo uma predisposição natural.

As aptidões pessoais facilitam o desenvolvimento de formas particulares de atividade, já que são características psicofísicas que podem facilitar ou dificultar a realização de um projeto de formação ou de trabalho. Neste artigo de Psicologia-Online, veremos o que são as aptidões pessoais, uma lista de aptidões e alguns exemplos.

Também lhe pode interessar: Habilidades pessoais: lista e exemplos

O que são aptidões pessoais

A definição de aptidão varia de um autor para outro, alguns reconhecem substancialmente uma só aptidão definível - a inteligência - outros evidenciam inumeráveis aptidões.

  • Piéron define a aptidão como a condição congênita (predisposição) a um certo modo de eficácia; pode permanecer no estado de latência e nunca se manifestar, mas se o fizer, se transforma em habilidade e pode suportar a aquisição e expressão de conhecimentos e capacidades. Neste artigo você encontrará exemplos de habilidades.
  • Segundo Piaget, a aptidão é o que diferencia dois indivíduos que possuem as mesmas características.
  • Para outros autores, a aptidão é um conjunto de elementos que permite a uma pessoa realizar atividades complexas (e, portanto, manifestar habilidade): esquiar, falar um idioma, construir objetos, etc.
  • Gemelli define as aptidões como determinantes que originam diferentes rendimentos e os consequentes modos peculiares de reagir; em outras palavras, quem as possui, tem facilidade para realizar uma atividade em particular.
  • Para Claparede uma aptidão é um atributo físico ou psíquico considerado desde o ponto de vista do rendimento: a resistência ao cansaço, a perseverança no esforço, a agilidade motora ou mental, etc.

Em alguns casos, no lugar de aptidões, se fala até mesmo de talento ou dote; no entanto, mesmo considerando as aptidões úteis como pré-requisitos, não se deve esquecer que toda atividade humana complexa deriva também da expressão da personalidade e da vontade posta em campo.

As aptidões, de fato, se apresentam como fator originário, poderíamos dizer genético, mas logo são forjadas pelas condições ambientais. Artistas como Goya e Mozart foram muito precoces em suas manifestações de aptidão, mas certamente as condições educacionais foram igualmente determinantes. As aptidões, se cultivadas, são reforçadas com o tempo e se transformam, evoluem para habilidades. É necessário lembrar que aptidões elevadas, mas sem a presença do interesse, do estímulo, da vontade, acabam não dando resultados positivos em termos de expressão da habilidade.

A aptidão não é o mesmo que a atitude. Neste artigo listamos exemplos de atitudes.

Tipos de aptidões pessoais

A classificação mais tradicional e compartilhada distingue aptidões fisiológicas, sensoriais, motoras e intelectuais em uma espécie de escala de complexidade crescente:

  • As aptidões fisiológicas são representadas pela força, pela resistência física, etc. Pensemos na importância da consistência da massa muscular para certas ocupações braçais ou para certos esportes, mas que pode atrapalhar em outros. Pensemos também em certas características da caixa toráxica e da musculatura que fazem a diferença entre os ciclistas.
  • As aptidões sensoriais são representadas pelos chamados cinco sentidos, que podem ser mais ou menos acentuados. São as mais evidentes e as mais constantes, e sua medição e avaliação se remonta à origem da psicologia experimental.
  • As aptidões motoras podem ser ressaltadas nas atividades esportivas, nas artesanais, nas musicais e nas artísticas em geral. Pensemos na destreza manual, no senso de equilíbrio, na harmonia que pode se expressar na ginástica livre, na dança, no tocar de um instrumento como o violino ou o piano.
  • As aptidões mentais são representadas pela faculdade de organização do pensamento. Pense na capacidade de concentração exigida de um cirurgião ou de um ourives, ou na faculdade de controlar fenômenos múltiplos típica de um diretor de orquestra.

Como as aptidões são identificadas e medidas

Dado que as aptidões são configuráveis de maneira complexa e correlacionada, tentou-se medi-las através do resultado da realização de provas especiais como os das provas psicossensoriais, perceptivo-motoras, psicomotoras, mentais, etc. Um teste muito utilizado é o de Thurstone, uma bateria multifuncional das aptidões primárias para avaliar nove áreas. Estes instrumentos têm credibilidade e utilidade para os jovens, mas é preciso lembrar que, sendo as aptidões uma substancial abstração, as que podem ser medidas na prática são as habilidades, isto é, as que são de alguma maneira estimuladas e de fato aplicadas.

Se recuperarmos o conceito de aptidão como o conjunto de disposições, inclinações, condições psicofísicas que tornam possível o cumprimento de uma atividade particular, comprovamos que com a educação e com a experiência, encontra formas mais ou menos eficazes de expressão. As aptidões, em outras palavras, estão diretamente relacionadas com a idade, a educação, o exercício, o sexo, etc. Por exemplo, sabemos fazer cálculos, até mesmo os complicados, porque além de possuir a aptidão para o cálculo, aprendemos a fazer as contas.

Portanto, para captar as aptidões em sua essência, seria necessário que eliminar os fatores educação, estudo, experimentação, aplicação e experiência. É preciso lembrar que a maioria das aptidões durante a adolescência se convertem em habilidades. De fato, apenas duas maneiras podem permitir parcialmente que você rastreie aptidões: comparar pessoas com educação, estudos, etc. iguais, notando as diferenças das distintas habilidades; ou se referir a indivíduos que pertencem à faixa etária infantil.

30 exemplos de aptidões profissionais para currículo

As aptidões individuais, ao ser o núcleo central da personalidade do indivíduo, desempenha um papel muito importante na compreensão da personal brand (marca pessoal): exercer uma profissão em associação com as próprias aptidões pessoais garante fortes estímulos e amplia gratificação; por outro lado, quando a carreira profissional e as aptidões tomam caminhos diferentes, são vividas contradições e situações dissonantes. Se você pode investir em formação e desenvolvimento, deve investir também em suas aptidões.

Para entender melhor o conceito, veremos exemplos de aptidões pessoais e profissionais. A seguir mostraremos uma lista de 30 aptidões profissionais interessantes e importantes para colocar no currículo (CV):

  1. Espírito de adaptação
  2. Resolução de problemas
  3. Motivação
  4. Tenacidade
  5. Orientação ao objetivo
  6. Resistência ao estresse
  7. Trabalho em equipe
  8. Criatividade
  9. Proatividade
  10. Atenção aos detalhes
  11. Flexibilidade
  12. Resiliência
  13. Liderança
  14. Integridade
  15. Empatia
  16. Coragem
  17. Competência
  18. Comunicação eficaz
  19. Iniciativa
  20. Dinamismo
  21. Precisão
  22. Planejamento
  23. Organização
  24. Confiança em si mesmo/a (autoconfiança)
  25. Autonomia
  26. Sensibilidade
  27. Respeito
  28. Paciência
  29. Cordialidade
  30. Concentração

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que são aptidões pessoais: lista e exemplos, recomendamos que entre na nossa categoria de Crescimento pessoal e autoajuda.

Bibliografia
  • COCCO, G. C. (2005). L’apprendimento come vantaggio competitivo. “Time to mind”: la valorizzazione delle competenze d’impresa per l’innovazione. Milán: Franco Angeli.
  • OSTILLIO, M. C. (2020). Personal Branding. Milán: EGEA.
  • SPALLETTA, E., Quaranta, C. (2004). Counseling scolastico integrato. Roma: Sovera Editore.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

O que são aptidões pessoais: lista e exemplos
O que são aptidões pessoais: lista e exemplos

Voltar ao topo da página