menu
Partilhar

Diferença entre yoga e pilates

 
Por Equipe editorial. 14 novembro 2023
Diferença entre yoga e pilates

O yoga e o pilates são duas práticas que servem para equilibrar o corpo e a mente por meio das posturas e da respiração. Embora sejam distintos, há pessoas que os confundem, sendo que, na realidade, tratam-se de abordagens diferentes.

Para qualquer um que nunca tenha experimentado essas práticas, é normal que ambas pareçam semelhantes, uma vez que tanto uma quanto a outra buscam melhorar a flexibilidade, a força e a atenção no agora. Se você está curioso ou deseja decidir entre uma das duas atividades, neste artigo de Psicologia-Online, explicamos qual é a diferença entre yoga e pilates, para dar fim aos mitos em torno desses exercícios.

Também lhe pode interessar: Como melhorar o bem-estar físico

O que é yoga

O yoga é uma prática originária da Índia com 5.000 anos de história. Desde tempos antigos, não é apenas praticado como um exercício físico, mas como um estilo de vida holístico e integral. A palavra "yoga" deriva do termo sânscrito "yuj", que significa "unir" ou "integrar".

Esta disciplina combina diferentes elementos, como posturas físicas (asanas), técnicas de respiração (pranayama), meditação, relaxamento profundo e princípios éticos e filosóficos. Através da prática regular do yoga, busca-se alcançar equilíbrio, harmonia e conexão, tanto consigo mesmo como com o ambiente.

Existem diferentes tipos de yoga, que se diferenciam pelo enfoque, seja ele meditativo, de consciência plena, entre outros. Em linhas gerais, as principais características do yoga são as seguintes:

  • Melhora da flexibilidade e força: esse tipo de exercício ajuda a desenvolver flexibilidade, força e resistência física. Através das diferentes posturas e movimentos, trabalha-se o alongamento muscular e o fortalecimento de grupos musculares específicos;
  • Promoção de concentração e consciência plena: a prática do yoga envolve focar a atenção no agora, concentrando-se na respiração, nas sensações corporais e nos pensamentos. Isso promove a concentração, clareza mental e redução do estresse;
  • Ajuda no equilíbrio emocional: o yoga inclui técnicas de relaxamento e meditação que ajudam a reduzir o estresse, melhorar o humor e promover a calma e a estabilidade emocional;
  • Estabelece uma conexão mente-corpo: estimula a conexão entre a mente e o corpo, através da conscientização das sensações físicas, da respiração e dos pensamentos. Isso ajuda a desenvolver uma maior consciência corporal e a cultivar um relacionamento mais harmonioso consigo mesmo.

Além disso, a prática regular do yoga melhora a saúde geral, beneficiando o sistema cardiovascular, respiratório, imunológico e nervoso. Em relação às suas posturas, cada uma tem suas próprias características e benefícios específicos.

Diferença entre yoga e pilates - O que é yoga

O que é pilates

Joseph Hubertus Pilates foi o criador da disciplina que leva seu nome no início do século XX. Na verdade, essa técnica surgiu como uma alternativa para ajudar os soldados da Primeira Guerra Mundial a superar seus problemas nas costas, por meio de movimentos controlados que beneficiavam o desenvolvimento muscular.

Em termos gerais, é um método de treinamento físico e mental baseado na respiração, no controle, na concentração, na precisão e no fluxo dos movimentos. As principais características do pilates são:

  • Necessidade de controle e precisão: o pilates se concentra em realizar cada movimento com controle e precisão, prestando atenção ao alinhamento correto e evitando movimentos bruscos e/ou descontrolados. A ênfase é na qualidade do movimento, e não na quantidade;
  • O centro de força é essencial: este exercício enfatiza o fortalecimento do "powerhouse" ou "centro de força", que inclui os músculos abdominais, lombares, pélvicos e glúteos. Esses músculos fornecem suporte e estabilidade a todos os movimentos e ajudam a manter uma boa postura;
  • Presença de fluxo e fluidez: os movimentos no pilates são realizados de maneira fluida e contínua, enfatizando a conexão entre um movimento e outro. O objetivo é buscar uma transição suave, sem interrupções, mantendo a graça e a elegância de cada movimento;
  • Trabalha a respiração consciente: a respiração desempenha um papel fundamental no pilates. Ela é realizada de forma profunda e completa, permitindo uma maior oxigenação e facilitando uma maior consciência e controle do corpo.

A prática do pilates ajuda a alinhar a coluna vertebral, fortalece os músculos que dão suporte ao corpo e corrige desequilíbrios musculares para manter uma postura ideal. Alguns exemplos de movimentos do pilates incluem:

  • The Hundred: consiste em realizar movimentos repetitivos de braços e pernas enquanto se mantém a posição do pilates;
  • Roll Up: envolve a realização de um movimento controlado para passar de uma posição deitada para sentada, ativando o centro de força.
Diferença entre yoga e pilates - O que é pilates

Diferença entre yoga e pilates

A principal diferença entre o yoga e o pilates é que o primeiro possui uma forte vertente espiritual, enquanto o segundo foca mais na parte física. Se você está em dúvida entre os dois e não sabe qual escolher, a seguir, mostramos as principais diferenças entre yoga e pilates:

  1. Origem: o yoga tem origem na Antiga Índia, enquanto o pilates foi desenvolvido no início do século XX na Alemanha por Joseph Pilates;
  2. Enfoque: o yoga se concentra na união entre o corpo, a mente e o espírito, com ênfase na conexão espiritual. O pilates se concentra no centro de força do corpo, na correção da postura e no controle consciente do movimento;
  3. Filosofia: o yoga é baseado em uma filosofia holística e espiritual e inclui princípios éticos e um estilo de vida saudável. Por outro lado, o pilates concentra-se em trabalhar o bem-estar do corpo físico e o equilíbrio muscular;
  4. Respiração: a respiração é um componente fundamental do yoga, combinada com os movimentos e posturas (asanas). No pilates, a respiração é importante para manter a estabilidade, mas não é enfatizada de forma tão específica na coordenação dos movimentos;
  5. Movimentos: o yoga utiliza uma ampla variedade de movimentos, desde posturas estáticas até sequências fluidas e dinâmicas. Por sua vez, o pilates consiste em movimentos controlados e precisos realizados em séries específicas;
  6. Finalidade: o yoga promove o bem-estar integral e a conexão interna, unindo o corpo, a mente e o espírito. O pilates concentra-se em fortalecer o corpo, melhorar a postura e equilibrar a musculatura;
  7. Flexibilidade versus força: o yoga foca em alcançar um equilíbrio entre flexibilidade e força. O pilates concentra-se no desenvolvimento de uma musculatura forte e flexível;
  8. Componente espiritual: o yoga inclui práticas de meditação, mantras e exploração da espiritualidade pessoal. O pilates não possui uma dimensão espiritual explícita, concentrando-se no aspecto físico e mental do corpo. Neste outro artigo de Psicologia-Online, você encontrará informações sobre como escolher um mantra para meditar;
  9. Posturas e movimento: no yoga, as posturas (asanas) são mantidas por determinados períodos e podem envolver a realização de alongamentos ou estados complexos de equilíbrio. No pilates, as posturas são mais dinâmicas e combinadas com movimentos controlados;
  10. Alinhamento: outra diferença entre yoga e pilates é que o primeiro presta muita atenção ao correto alinhamento do corpo para obter o máximo benefício de cada postura. O segundo também se concentra na alinhamento, mas enfatiza o fortalecimento do centro de força, em vez de buscar ângulos ou alinhamentos específicos.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Diferença entre yoga e pilates, recomendamos que entre na nossa categoria de Esportes e exercício físico.

Bibliografia
  • Irandoust, K., & Taheri, M. (2016). The impact of yoga and pilates exercises on older adults. Iranian Journal of Ageing, 11(1), 152-161.
  • Lim, E. J., & Hyun, E. J. (2021). The impacts of pilates and yoga on health-promoting behaviors and subjective health status. International journal of environmental research and public health, 18(7), 3802.
  • Pastor, T. G., & Laín, S. A. (2009). Efecto de la práctica del método Pilates: Beneficios en estado de salud, aspectos físicos y comportamentales. Universidad de Castilla-La Mancha, Toledo.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Diferença entre yoga e pilates
1 de 3
Diferença entre yoga e pilates

Voltar ao topo da página