menu
Partilhar

Sofrimento emocional: como sair dele

 
Por Equipe editorial. 12 julho 2022
Sofrimento emocional: como sair dele

O sofrimento emocional é real e nasce como consequência de viver alguma situação ou experiência que cause dor, angústia ou desespero. Se manifesta de diferentes formas e pode chegar até a se converter em uma condição patológica se não for controlado de forma adequada. O sofrimento é uma reação emocional muito desagradável e igualmente doloroso se comparado com o sofrimento físico, com a simples diferença de as feridas não serem visíveis.

Não podemos evitar o sofrimento, já que se trata de uma das experiências mais comuns na vida, mas podemos superá-lo através da compreensão e da ação. Aprender a sair do sofrimento emocional é um caminho que exige uma série de passos. Se você quer saber como sair do sofrimento emocional, neste artigo de Psicologia-Online, te daremos as chaves para superá-lo, de maneira que, com autocontrole e orientação adequada, recupere seu equilíbrio e consiga se sentir muito melhor.

Também lhe pode interessar: Como ter maturidade emocional

Aceite a dor

O primeiro passo para sair do sofrimento emocional é aceitar o fato de que você não pode aceitar o que já aconteceu. A única que coisa que você pode fazer é buscar se adaptar à sua nova situação para encontrar qualquer benefício que possa te oferecer. A princípio pode ser muito complicado, sobretudo pelo fato de mudar seus esquemas mentais. No entanto, com a aceitação também chega a calma e o consolo. Viva o processo e aceite o que não pode ser mudado.

Não reprima seus sentimentos

Permita-se sentir, viva sua dor ou seu luto e não reprima as emoções. A dor emocional é diferente para cada pessoa, por isso, é provável que você experimente um aperto no peito, no estômago, um nó na garganta e pode se tornar difícil para respirar. Deixe que seu corpo drene essas sensações para purificar seu organismo.

Se você se focar em uma resposta de luta ou fuga em relação à dor emocional, o que você obterá é que seu corpo ficará tenso e até pode experimentar um estado de pânico que não é nada benéfico. Portanto, o recomendável é procurar um lugar tranquilo para chorar, gritar ou qualquer outra coisa que você precisar. Da mesma forma, pense que as emoções te afetam somente até onde você as permite, assim respire fundo e agradeça pela vida e pelas novas oportunidades que terá agora em diante.

Evite os pensamentos que te levam ao sofrimento

Talvez esta seja a estratégia mais complicada de aplicar para sair do sofrimento emocional, porém é a mais efetiva e que te dará resultados que se manterão no longo prazo. Tenha em conta que os pensamentos negativos que desencadeiam a angústia emocional são os que alimentam seu estado de negatividade.

Lembre-se que 95% das vezes se trata de pensamentos sobre generalizações ou hipóteses que quase nunca se cumprem. Por exemplo, ideias como nunca mais serei feliz são pensamentos válidos, mas não existe nenhuma evidência de que as cosias serão assim. Por isso, são cenários hipotéticos que você não sabe se acontecerão, portanto, você não deve dar a eles o poder de dirigir sua vida.

Sofrimento emocional: como sair dele - Evite os pensamentos que te levam ao sofrimento

Pratique a atenção plena

Outra chave para sair do sofrimento emocional é praticar técnicas de atenção e concentração como o mindfulness, que te ajuda a ficar presente no "aqui e agora" e soltar o passado e a angústia do futuro.

Diferentes estudos sobre a mente humana, como o realizado pelo psicólogo estadunidense Steven Sultanoff, afirmam que existe uma correlação entre cultivar a atenção plena e conseguir um bom estado emocional. Além disso, isto te ajudará a reconhecer os pensamentos que te machucam para poder aceitá-los, aprender com eles e deixá-los ir.

Cuide-se e se conscientize

Diante da dor e do sofrimento, muitas vezes nos esquecemos de cuidar de nossa saúde física, mental e espiritual. Se cuidar e se amar é uma técnica que te ajudará a ganhar a confiança e o autocontrole necessários para enfrentar seus problemas.

Aceite suas fraquezas e gaste o tempo necessário para curar suas feridas sem se questionar nem reprimir. É bom que você tire um tempo para sair e se distrair, passear ao ar livre ou até mesmo ver seu filme favorito. Assim você despertará um pouco sua mente para recuperar o ânimo e a força emocional pouco a pouco.

Aprenda a gostar de sua dor

Aprender a gostar da dor ajuda a sair do sofrimento emocional porque te ajuda a reconhecer o que te machuca e o que te dará mais forças para seguir em frente. O sofrimento faz parte da vida e não pode ser ignorado. Portanto, a melhor arma que você tem para lutar contra ele é aprender a amar sua dor, agradecer ela pelos aprendizados que deixou e dizer adeus para poder seguir em frente com sua vida.

Sofrimento emocional: como sair dele - Aprenda a gostar de sua dor

Encontre um passatempo

Quer outra chave para sair do sofrimento emocional? Pense em algo que sempre quis fazer e que nunca se atreveu a começar. Por exemplo, começar a ter aulas de pintura, música ou simplesmente começar uma coleção de recortes de revistas para ocupar seu tempo. Quando você tem um passatempo que te entretém, sua mente naturalmente relaxa e se afasta dos pensamentos negativos. Dessa forma, é possível que com isto você descubra um novo interesse ou uma de suas paixões ocultas.

Apoie-se em suas pessoas queridas

É possível que muitas pessoas não compreendam pelo que está passando. No entanto, sempre há alguém disposto a te ajudar, a te escutar e a te estender a mão para te tirar da situação. O sofrimento emocional é uma boa maneira de identificar quem te valoriza de verdade e te aceita como você é.

Entretanto, não se trata de sobrecarregar os outros com um diálogo interminável sobre seus problemas, e sim de ter uma conversa que te tire de seu estado emocional e te ajude a se acalmar.

Não se torture e pare de repetir a história para si mesmo

Se você quer sair de seu sofrimento emocional, pergunte-se o que pode fazer agora em diante. Não se envergonhe nem se culpe pelo que aconteceu, se já não há nada que você possa fazer para mudar, a melhor coisa é aceitar tudo e processar seus sentimentos.

É necessário contar o que aconteceu a algum amigo ou pessoa próxima, mas não fique repetindo várias vezes e a todo momento. Expresse suas emoções no momento oportuno e deixe o sentimento partir tão logo você conseguir.

Sofrimento emocional: como sair dele - Não se torture e pare de repetir a história para si mesmo

Procure ajuda profissional

Se você tem muitas dificuldades para superar o sofrimento emocional, procure ajuda de um especialista em psicologia ou de um terapeuta que te oriente assertivamente. Os especialistas são os mais indicados para te ajudar, já que te darão as estratégias corretas de acordo com seu caso e te dirão que caminho você deve seguir para conseguir recuperar seu bem-estar. Se você está com dúvidas, neste artigo, te contamos quando procurar um psicólogo.

Lembre-se que, apesar do sofrimento, existem muitas coisas pelas quais dar graças todos os dias, reconforte-se nisso e no fato de que a cada dia surgem muitas oportunidades novas.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sofrimento emocional: como sair dele, recomendamos que entre na nossa categoria de Crescimento pessoal e autoajuda.

Bibliografia
  • Steven Sultanoff. (2022). Practicar la atencion plena. Disponible en: https://gsep.pepperdine.edu/about/our-people/faculty/steven-sultanoff/
  • Ventura Elías, C. D. (2013). Sufrimiento: análisis de concepto. Enfoque. Revista Científica de Enfermería., 14(9), 24-34. http://up-rid.up.ac.pa/458/

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Sofrimento emocional: como sair dele
1 de 4
Sofrimento emocional: como sair dele

Voltar ao topo da página