Meditação e relaxamento

Posições de meditação

 
Equipe editorial
Por Equipe editorial. 25 agosto 2022
Posições de meditação

A meditação consiste em harmonizar a mente e o corpo para alcançar um estado de relaxamento pleno. Portanto, se durante o processo você não mantiver uma postura correta, não obterá os resultados que espera. De fato, sem uma postura adequada de meditação, somente provocará tensão e incômodos em seu corpo, o que te afastará da calma que precisa e não conseguirá um bom estado energético para relaxar.

Descubra neste artigo de Psicologia-Online as melhores posições de meditação. Além disso, te daremos alguns conselhos para que você evite as dores nas costas e a tensão nos músculos, já que, mesmo que cada corpo e necessidade seja diferente, todos se focam em alcançar o equilíbrio interior.

Também lhe pode interessar: Técnicas de meditação para iniciantes
Índice
  1. Chaves para uma boa posição de meditação
  2. Quarto de lótus
  3. Meia lótus
  4. Lótus
  5. A posição birmana
  6. Meditação de joelhos
  7. Meditação em uma cadeira
  8. Meditação deitada

Chaves para uma boa posição de meditação

Mesmo que você pratique diferentes posturas de meditação, existem pontos universais nos quais você deve se concentrar. Se você não está em uma posição cômoda e tranquila, não encontrará o ponto de equilíbrio entre a calma e o estado de alerta que precisa. Por isso, tome nota destas sugestões que serão muito úteis para conseguir a postura perfeita:

  • As costas: procure manter seus ombros caídos e ligeiramente para trás para que o peito se mantenha aberto e o fluxo de ar seja contínuo.
  • A coluna vertebral: ela não deve estar encurvada, tampouco muito erguida. Isto é, deve manter a curva natural, conhecida como curvatura lordótica. Dessa forma evitam-se dores nas costas.
  • Mãos: as mãos podem ser mantidas como preferir. Algumas posturas sugerem que seja com a palma virada para cima, em outras deixar elas descansando sobre os joelhos ou mantê-las dos lados. Tudo depende de você.
  • O queixo: esta parte do corpo se mantém para dentro de maneira muito sutil. Trate de relaxá-la, mas sem que sua postura convide a coluna vertebral a se esticar. O olhar pode estar com os olhos semiabertos, sem se preocupar com algum ponto específico.

Agora que você já conhece os pontos mais importantes, vejamos as posturas para meditar.

Posições de meditação - Chaves para uma boa posição de meditação

Quarto de lótus

Como recomendação, utilize uma almofada, um zafu ou uma esteira de yoga para que você se mantenha confortável durante o exercício. Nesta posição de meditação, cada pé descansa por debaixo do joelho oposto. Isto é, é o estereótipo das pernas cruzadas.

Por outro lado, os joelhos não devem estar por cima do quadril e você deverá se sentar de frente com a almofada para garantir a rotação da pélvis. Se você está iniciando na meditação te recomendamos que use uma parede como suporte para as costas, para apoiar a coluna e ir se acostumando com a posição.

Meia lótus

Neste caso, o procedimento da postura anterior é feito, mas você deixará o pé esquerdo repousando sobre a coxa direita ou vice-versa, como for mais cômodo. É recomendável que esta posição para meditar seja feita com cuidado, já que exige muita flexibilidade do quadril. Dessa forma, é recomendável fazer um breve alongamento ou aquecimento prévio para que os músculos se adaptem mais rápido à postura da meia lótus.

Posições de meditação - Meia lótus

Lótus

Quer conhecer outra postura para meditar? Esta é uma das mais conhecidas. No entanto, não é recomendada para iniciantes, visto que exige um nível maior de flexibilidade. Cada pé deve ser colocado sobre a coxa oposta e devemos tentar mantê-los em simetria.

Se você tem problemas nos joelhos ou nas costas, a melhor coisa é testar com outras posturas mais simples.

Posições de meditação - Lótus

A posição birmana

É uma posição de meditação mais simples e menos exigente. Para fazer esta postura você apenas tem que apoiar ambos os pés no chão, situados à frente da pélvis. Os joelhos irão descansar no chão, porém você não deve se inclinar demais para frente ou o quadril se tensionará e você poderá ter espasmos ou câimbras.

Posições de meditação - A posição birmana

Meditação de joelhos

Se você tem um espaço onde possa se ajoelhar, teste a posição de meditação de joelhos. Esta postura permite manter as costas retas. Para conseguir, coloque-se no chão com os joelhos dobrados, de forma que os tornozelos descansem sob os glúteos.

É recomendável colocar uma almofada ou zafu de meditação entre os pés e glúteos para aumentar o conforto.

 

Meditação em uma cadeira

Você sabia que também pode usar uma cadeira como postura para meditar? Para esta posição você deve colocar os pés sobre o chão, procurando mantê-los na largura de seus ombros. Meditar em uma cadeira tem a vantagem de que as pernas ficam mais relaxadas.

Por outro lado, você também pode se sentar na borda de uma cadeira para que as costas fiquem retas. Da mesma forma, uma almofada de encosto é ideal para manter a postura adequada durante o tempo que irá meditar. Dessa forma, é aconselhável usar uma cadeira que não seja a mesma em que você habitualmente trabalha ou realiza alguma outra atividade para que sua mente não a associe com sua rotina diária.

Meditação deitada

Essa postura de meditar é conhecida como savasana, postura do cadáver ou do corpo sem vida. Para realizar esta posição de meditação você terá que se deitar de barriga para cima, com os braços ao lado e manter as palmas das mãos sempre para cima. Se você sente alguma pressão na parte de baixo das costas, pode dobrar um pouco os joelhos, colocar os pés sobre o chão e abri-los um pouco à altura dos quadris.

Se você quer saber mais sobre esta técnica de relaxamento, no artigo seguinte te explicamos Como fazer meditação em casa.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Posições de meditação, recomendamos que entre na nossa categoria de Meditação e relaxamento.

Bibliografia
  • Bertolín, G.J. (2014). Eficacia-efectividad del programa de reducción del estrés basado en la conciencia plena (MBSR): actualización. Rev. Asoc. Esp. Neuropsiq, 35, 289-307.
  • LeShan, L. L. (1990). Cómo meditar: guía para el descubrimiento de sí mismo/How to meditate (No. 242). Troquel.
Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 de 5
Posições de meditação